Ribeirão do Pinhal aprova presídio

Projeto controverso passou e executivo vai sancionar nos próximos dias

O projeto de Lei nº 035/2021 do executivo, que prevê a doação de uma área do município de 48.400 metros quadrados ao governo estadual, foi aprovado na manhã desta segunda-feira, dia sete, em duas votações seguidas. O npdiario havia antecipado o resultado há duas semanas porque o prefeito ribeiro-pinhalense detém a maioria dos vereadores.

Veja o vídeo com a sessão ordinária completa de quatro horas e meia ao final desta matéria.

O Major Castelo Branco,  comandante do 2º Batalhão de Polícia Militar, o juiz Júlio César Vincentini, o delegado da Polícia Civil local, Tristão Borborema, entre outros, participaram presencialmente e o secretário da Segurança Pública do Paraná, coronel do exército Rômulo Marinho Soares, de maneira remota.

O terreno fica cerca de 4,5 KM da zona urbana ao lado da PR-439 e servirá para construção de uma penitenciária  ao custo de 48 milhões de reais e que poderá abrigar até cerca de 800 detentos. A construção iniciará ainda em 2021.

O presidente da câmara, Eduardo Ribeiro (DEM) justificou o horário anormal – as sessões ordinárias são promovidas sempre às 20 horas nas segundas-feiras – afirmando que seria para receber convidados, o que não convenceu ninguém, e ocasionou ainda mais protestos de manifestantes contrários ao projet0. Ribeiro também alegou que não permitiria a presença de mais pessoas perto do plenário por conta da pandemia.

O grupo de dezenas de pessoas usou de megafones e cartazes fora do prédio, mas não conseguiu com que a iniciativa tivesse audiência pública para debater melhor o assunto, ou mesmo um plebiscito. Há informes extra-oficiais  indicando que alguns tentariam anular judicialmente a decisão, o que não restou comprovado. A chuva também atrapalhou.

O prefeito Dartagnan Fraiz defende o PL garantindo que a obra concluída criará 150 empregos diretos, como agentes, cozinheiros, secretários administrativos, faxineiras, entre outros, além de movimentar a economia em postos de combustíveis, hotéis e restaurantes(familiares de detentos) e empresas terceiradas para abastecer o local etc.

Os boatos sem fundamento desinformando que Jacarezinho e Santo Antônio da Platina estariam interessados foram desmentidos, no último dia 14, pelos prefeitos Marcelo Palhares e Professor Zezão, durante conversa com Sandro Alex, secretário de Infraestrutura e Logística, durante visita dos três ao npdiario, em Santo Antônio da Platina. Os dois chefes de executivos já tinham recusado a construção da penitenciária em seus municípios.

Leia neste link mais sobre a penitenciária: https://www.npdiario.com.br/cidades/ribeirao-do-pinhal-pode-construir-penitenciaria/

Confira aqui mais detalhes sobre o assunto: https://www.npdiario.com.br/cidades/ribeirao-do-pinhal-pode-construir-penitenciaria/

E também reportagem sobre a carreata: https://www.npdiario.com.br/cidades/carreata-protesta-contra-penitenciaria/

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.