TVs mentem e atribuem caso do pastor a redes sociais

Emissoras deveriam ser mais honestas

Exclusivo: O pastor Miguel Moreira (foto e vídeo) quebrou e queimou uma imagem de Nossa Senhora Aparecida, a Padroeira do Brasil, na noite de terça-feira, dia 31, num sítio, em Santo Antônio da Platina. Ele é da igreja Visão em Cristo , cuja sede na cidade fica na avenida Palma Rennó.

Duas redes de televisão no Paraná neste final de semana, noticiaram as informações e o vídeo do npdiario, que só foi veiculado no jornal, há 15 anos no ar e um dos pioneiros de Jornalismo online no Paraná.

Pior: Atribuíram a fonte como sendo de “redes sociais”, o que é uma inverdade absurda, pois o que viralizou foi a matéria do site e não o vídeo, o qual não foi postado em absolutamente nenhuma rede social.

Algumas, é verdade, colocaram que as imagens são do portal norte-pioneirense. Seria necessário mais reconhecimento. O mínimo que se espera de veículos de comunicação sérios.

Veja também as duas  matérias anteriores sobre o caso:

https://www.npdiario.com.br/comportamento/pastor-destroi-imagem-de-nossa-senhora-em-ritual-video/

https://www.npdiario.com.br/capa/fui-vitima-de-conspiracao-diz-pastor-que-queimou-imagem-video/

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.