Prefeito assina novo decreto e libera clubes sociais e esportivos

A utilização de piscinas, quadras e campos de futebol está permitida

Exclusivo: O prefeito de Santo Antônio da Platina, Professor Zezão, após análise do Comitê de Combate a Covid-19, assinou decreto, nesta terça-feira, dia 26,  com algumas liberações solicitadas pela comunidade.

“A verdade é o seguinte: se o Governo autorizou até a volta às aulas, não há razão para manter fechados os clubes sociais e esportivos, desde que respeitem os cuidados básicos”, assinalou.
O Toque de Recolher (22 horas até cinco da manhã) continua com restrições de bares, lanchonetes e restaurantes, com permissão somente para serviços essenciais, detalhou à reportagem.
Adriano dos Santos Marcelino (foto), Presidente da Associação Atlética Banco do Brasil local (foto), anunciou que promoverá reunião com a diretoria para reabrir o conceituado clube nos próximos dias.

Entretanto, continua proibida a realização de eventos, festas, churrascos e confraternizações nos locais de esporte e entretenimento,

Veja parte do texto abaixo e, depois, a íntegra do documento:

 Fica permitida a utilização de piscinas para atividades de lazer, desde que respeitadas ainda, as seguintes medidas:
I – limitação de utilização simultânea de, no máximo, 50% (cinquenta por cento) da capacidade total do local, incluindo-se a “área seca” no entorno da piscina;
II – proibição de qualquer tipo de aglomeração no espaço, incluindo-se a “área seca” no entorno da piscina, observando-se o distanciamento mínimo de 1,5 metros entre as pessoas não conviventes;
III – obrigatoriedade de correto uso de máscaras de proteção mecânica, por todos aqueles que circularem na respetiva área:
IV – eficaz e rigorosa limpeza e higienização diária da piscina, bem como da “área seca” no entorno da mesma, e ainda de todas as superfícies de toque (escadas, cadeiras, mesas, portas, portões, maçanetas, trincos, corrimãos, etc) existentes no local;
V – obrigatoriedade de constante e rigoroso controle e higienização das piscinas, ajustando-se os parâmetros químicos da piscina, de forma a manter a concentração de cloro na água de acordo com a legislação sanitária com os respectivos registros diários das medições;

4) autorizados a liberar as áreas de prática de esportes coletivos, devendo ser precedida de consulta aos sócios, conforme normas estabelecidas nos regramentos internos. Havendo a liberação, deverão manter os protocolos de segurança sanitária e higiene estabelecidas pela Secretaria Municipal da Saúde e decretos municipais  publicados no período da pandemia.

 

 

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.