Agronegócio tem 60% do mercado no país

Evento foi em Santo Antônio da Platina

Ricardo Figueiredo, gerente-geral do Banco do Brasil de Santo Antônio da Platina, agência considerada a mais importante do Norte Pioneiro,fez o lançamento na tarde desta quarta-feira,dia 26,do Plano Safra 2017/2018, com a presença de agricultores,sindicalistas e correntistas(fotos).
Figueiredo informou que serão R$ 103 bilhões disponíveis em crédito para o produtor rural. Especificamente, o Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) irá contar com R$ 21,1 bilhões: R$ 14,6 bilhões para o Pronaf no geral e R$ 6,5 bilhões para a linha Pronaf Mais Alimentos.
Acompanhado de colegas de trabalho, entre os quais o gerente de Relacionamento Rural,Alexandre Kaveskim e o escriturário Demeure Mello, ele disse que o agronegócio tem 40% de participação no mercado no país, 22% do PIB(Produto Interno Bruto) e 46% das exportações, o que significa garantia superavitária.
Estavam presentes o presidente do Sindicato Rural Patronal, José Afonso Junior, o presidente e o diretor da Sociedade Rural do Norte Pioneiro,Edson Gaudêncio e José Otávio,o secretário municipal de Agricultura, Luis Carlos(que também representou o prefeito Professor Zezão), o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais,José Antônio Simioni, entre diversas outras lideranças.


Didaticamente, o gerente-geral detalhou os créditos rurais do Banco do Brasil para o setor para todos os tipos de empresas e culturas,desde a compra de equipamentos, até o custeio e a comercialização.
Houve um aumento de 30% do valor disponível com relação à safra passada, que contou com R$ 72 bilhões. Além de recursos para agricultura familiar, outros montantes foram destinados para diferentes setores da agricultura, como o agronegócio, os médios produtores e cooperativas.
O Banco do Brasil, junto com outros agentes financeiros, é responsável por dar andamento às operações de crédito do Pronaf.O crédito do BB não tem muita burocracia e serve para alavancar negócios nas zonas urbana e rural, conforme afirma o gerente-geral.
A agência platinense possui 20 funcionários,que vêm atendendo os milhares de correntistas jurídicos e físicos.
Como polo regional, Santo Antônio da Platina também apresenta interessados de outros municípios.O agronegócio é o principal segmento, sendo responsável por cerca de 70% das linhas e da movimentação na unidade.

Fotos: Estefânia de Oliveira Constantino/Especial para o npdiario

 

 

 

Você terminou a leitura
Compartilhar essa notícia
Escrever um comentário

Últimas notícias

Frustrada tentativa de roubo em Joaquim Távora (veja o vídeo)
26 minutos atrás

Platinense foi preso pela PM na sequência https://youtu.be/yllfxFdA_YM?t=4   Exclusivo: Uma frustrada tentativa de roubo

Casa do Artesão está na 50ª EFAPI (vídeo)
27 minutos atrás

A Casa do Artesão Platinense é o centro de referência do artesanato municipal e um

Mecânica de Cambará tinha carro furtado
2 horas atrás

Suspeitos  de receptar veículo alegam desconhecimento   A Equipe recebeu denúncia anônima de que numa

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.