Laboratório Ximenes participa da campanha do Novembro Azul

Promoção no exame de detecção precoce de alterações na próstata

Desde 2008 o mês de novembro é marcado por um maior movimento em prol da saúde do homem no País. A ideia foi criada com o objetivo de desenvolver ações que estimulem a população masculina a dedicar mais atenção à saúde e se conscientizar da importância da prevenção de doenças, com foco no câncer de próstata.

Nesse sentido, a Secretaria de Estado da Saúde propõe como tema este ano: “Cuidar da saúde também é coisa de homem! Previna-se, cuide da sua família e procure a Unidade de Saúde mais próxima”.

Em Santo Antônio da Platina, o tradicional e conceituado Laboratório Ximenes (fotos) colabora e promove durante todo o mês o valor de apenas 35 reais pelo exame de PSA , utilizado na detecção precoce de alterações na próstata.

Não é necessário tirar o sangue em jejum, pode ser em qualquer hora do dia, após almoço, por exemplo. Das sete às 18 horas de segunda a sexta-feira e sábado das sete às 11 horas.  O resultado é rápido.
O laboratório fica na Avenida Oliveira Motta 869, centro platinense. O telefone é (43) 3534-4301 e o WhatsApp (43) 98452-7150.

Ainda rodeado de muitos  tabus, o câncer de próstata é o tipo mais comum, sendo o sexto mais comum no mundo. No Brasil é o segundo mais recorrente entre os homens. Estima-se que quatro em cada dez cânceres que atinjam homens com mais de 50 anos de idade são de próstata.

A próstata é uma glândula que só o homem possui e que se localiza na parte baixa do abdômen. Com formato similar ao de uma maçã, é um órgão pequeno que se situa logo abaixo da bexiga e à frente do reto, e é responsável pela produção de parte do sêmen, líquido espesso que contém os espermatozoides, liberado durante o ato sexual.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU), exames preventivos para o câncer de próstata devem ser feitos anualmente a partir dos 45 anos de idade para a população geral, e a partir dos 35 quando há histórico da doença na família. O diagnóstico é feito a partir do exame clínico (toque retal) combinado com o resultado da dosagem do antígeno prostático específico (PSA, na sigla em inglês) no sangue, e, em casos suspeitos, de ultrassonografias e biópsias.

Dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA) apontam que cerca de 70 mil novos casos de câncer de próstata serão diagnosticados a cada ano, mas que o número de doentes pode ser maior, uma vez que o câncer de próstata ainda é cercado de muito preconceito por parte dos homens, que tendem a não fazerem os exames preventivos.

Atualmente, a população masculina no Paraná é estimada em 5,6 milhões de pessoas. Estima-se que entre 2020 e 2022 surjam 35.050 novos casos de câncer a cada ano. Segundo o Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (INCA), os tipos mais frequentes entre os homens são de pele e de próstata.

Exame de PSA é importante para a saúde masculina

O PSA, conhecido por Antígeno Específico da Próstata, é uma glicoproteína com função de enzima, produzida quase exclusivamente pelas células epiteliais da próstata, cuja função consiste em tornar o esperma líquido após a formação do “coágulo” no esperma ejaculado.

O exame de PSA é responsável por auxiliar no diagnóstico de câncer de próstata mas pode também alterado em quadros de  prostatite, hipertrofia benigna da próstata. O exame costuma ser solicitado no início das investigações médicas. Outros exames, como o toque retal, servem para complementar o diagnóstico.

Como o exame de PSA é realizado e qual é a sua periodicidade?

Através do popular “exame de sangue”. Uma amostra de sangue é colhida e enviada ao laboratório para análise. O valor obtido permite ajudar a diferenciar se houve o aumento benigno da próstata ou suspeita de câncer. Se houver uma suspeita da presença de cancêr, deve ser realizada uma biópsia da próstata.

A maioria dos urologistas recomenda a realização do exame anualmente em homens que possuem 45 anos ou mais.

Por isso, é importante que o homem vá periodicamente ao médico urologista e realize todos os exames solicitados pelo profissional. Muitas vezes, são necessários diferentes exames para detecção de uma doença na próstata.

O que pode causar o aumento dos índices no exame de PSA?

Diversas situações podem ocasionar o aumento do valor do PSA no homem. Confira, abaixo, algumas delas:

– Inflamação da próstata, também conhecida como prostatite aguda ou crônica;

– Infecção urinária ou genital;

– Retenção urinária aguda;

– Hipertrofia benigna da próstata, conhecida por HBP;

– Realização de procedimentos médicos, como cistoscopia, toque retal, biópsia, cirurgia da próstata ou resseção transuretral da próstata;

– Câncer de próstata;

– Aumento da idade e ingestão de medicamentos com hormônios masculinos, como a testosterona.

 

 

 

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.