Carlópolis:Família é agredida e humilhada em baile de clube

Uma família passou o maior constrangimento e humilhação dos seus três integrantes na madrugada do último domingo, dia 27, no Baile do Hawaí no Clube Caravela,em Carlópolis.
Segundo contou o empresário, seu filho de 24 anos estava encostado na grade da piscina, quando um diretor, aparentemente embriagado, o abordou, perguntando se era sócio.O jovem informou que não e que ele e seus pais pagaram os ingressos.A partir daí, o diretor iniciou uma série de impropérios e ameaças e acabou chamando os seguranças.
O baile estava animado, com a banda Esmeralda, e os pais estranharam aquele comportamento daquele homem nervoso em relação ao filho, de perfil calmo e conciliador.
Mesmo tentando apaziguar a situação, os três foram agredidos fisicamente e jogados para fora do clube como se fossem animais que estivessem perturbando o ambiente.
Do espancamento, vieram hematomas e ferimentos, comprovados através de exame de corpo de delito.
A família registrou boletim de ocorrência na Polícia Militar e vai entrar na Justiça pedindo também indenização por danos morais,”não podemos admitir que pessoas de bem sejam escorraçadas de um lugar sem fazer absolutamente nada”,comentou o pai, indignado.
O clube foi procurado para comentar o escândalos, mas ninguém foi localizado.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Categorias e tags

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.