Faculdade entre as piores do país segundo MEC

O MEC (Ministério da Educação) divulgou uma lista com as piores faculdades do Brasil.Entre elas, uma do Norte Pioneiro: Faculdade de Ciências de Wenceslau Braz.
A avaliação do Ministério da Educação era feita da seguinte maneira: para ser “reprovada”, uma instituição precisa ficar abaixo da faixa 3 do Índice Geral de Cursos (IGC) que varia numa escala de 1 a 5 e é o indicador oficial de qualidade do ensino superior no país. Calculado anualmente, o IGC considera o rendimento dos alunos no Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (ENADE) realizado em 2014, além da infraestrutura e qualidade do corpo docente.
Universidades avaliadas com notas 1 e 2 sofrem punições por parte do MEC, como, por exemplo, a proibição de novos vestibulares até que a instituições aponte soluções para melhora do desempenho.
Durante o ano de 1998 foram feitas as primeiras cogitações para a concretização do sonho da Faculdade. Na continuidade desta perspectiva foi fundado o CENEBRA – Centro Educacional de Wenceslau Braz – o qual teve seus primeiros documentos datados de 23 de julho de 1998. O registro oficial, em cartório, aconteceu na data de 08 de março de 1999.
No dia cinco de março de 2001 foi autorizado o funcionamento do Curso de Administração e, no mesmo dia foi aprovado o funcionamento do Curso de Pedagogia.
A Faculdade de Ciências de Wenceslau Braz – FACIBRA, mantida pelo Centro Educacional de Wenceslau Braz – CENEBRA – está situada à Avenida Augusto Paschoal da Silva, nº 670, Vila Getúlio Vargas, Wenceslau Braz.Funciona com dois cursos reconhecidos pelo Ministério da Educação e Cultura: a) Curso de Administração, Portaria de Autorização nº 369 de 05 de março de 2001 e Portaria de Renovação de Reconhecimento nº 378 de 27 de maio de 2015; b) Curso de Pedagogia, Licenciatura Plena, Habilitação em Supervisão Escolar, Portaria de Autorização nº 378 de 05 de março de 2001 e Portaria de Reconhecimento nº 286 de 21 de dezembro de 2012.
Das 2.042 instituições brasileiras avaliadas pelo MEC, 324 foram consideradas insatisfatórias. Destas, 24 estão no Paraná. Excluindo as duas já citadas, são elas: Faculdade Sant’ana – Ponta Grossa, Faculdade Cristo Rei – Cornélio Procópio, Faculdade de Tecnologia Inesul do Paraná – Curitiba, Faculdade de Tecnologia América do Sul – Maringá, Faculdade Norte Paranaense – Londrina, Faculdade de Tecnologia Cetep – Curitiba, Faculdade Vizinhança Vale do Iguaçu – Dois Vizinhos, Faculdade Unilagos – Mangueirinha, Faculdade Educacional de Cornélio Procópio – Cornélio Procópio, Faculdade de Educação Superior do Paraná – Curitiba, Centro Universitário de Mandaguari – Mandaguari, Faculdades Spei – Curitiba, Faculdade Paranapanema – Porecatu, Faculdade Unissa de Sarandi – Sarandi, Faculdade de Tecnologia Senai Telêmaco Borba – Telêmaco Borba, Faculdade Dom Bosco de Ubiratã – Ubiratã, Faculdade Arthur Thomas – Londrina, Faculdade de Tecnologia Machado de Assis – Curitiba, Faculdade Educacional de Dois Vizinhos – Dois Vizinhos, Faculdades Integradas Espírita – Curitiba, Faculdade de Ensino Superior Km 125 – Cornélio Procópio, Faculdade de Realeza – Realeza.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.