Enterrado em Jacarezinho corpo de pregador metodista platinense

Ele deixou a esposa, Fátima, três filhas e quatro netos

Rui Amorim Costa de Almeida (fotos), 56 anos, perdeu a vida às 18 horas desta terça-feira, dia 29, com as complicações advindas da Covid-19. Pregador (e não pastor) da igreja Metodista no bairro platinense Santa Mônica, estava internado em Arapongas, onde acabou morrendo.

“Foi uma grande perda”, disse o pastor Ivan Silveira.

O corpo chegou no início da manhã desta quarta-feira, dia 30, e foi sepultado (sem velório) no cemitério São João Batista, em Jacarezinho, onde tinha parentes. Trabalhava com a pastora Sílvia Helena de Medeiros Almeida, a quem ajudava em tudo na igreja. É natural de Peabiru.

Sílvia contou ao npdiario que ele foi ao Pronto Socorro com gripe forte e acabou descobrindo depois, no dia 14 de dezembro, que estava positivado.

Não resistiu e morreu em Arapongas. Não tinha comorbidades, apenas dor na coluna. Foi a 20ª vítima fatal da doença em Santo Antônio da Platina.

Deixou a esposa, Fátima, três filhas e quatro netos.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Categorias e tags

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.