Cobra pede rigor na investigação de morte de bebê de Ibaiti

Vítima tinha sinais de maus-tratos

O deputado estadual Cobra Repórter (foto), presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança, do Adolescente, do Idoso e da Pessoa com Deficiência (Criai) da Assembleia Legislativa do Paraná (Alep), enviou ofício (reprodução abaixo) solicitando ao Delegado da Polícia Civil de Ibaiti, Pedro Dini Neto, rigor e esclarecimentos das providências tomadas em relação ao caso de um bebê de três meses que faleceu na tarde de quarta-feira (30). A criança tinha lesões graves pelo corpo.

“Fatos assim me deixam extremamente triste… Estamos trabalhando junto com a Polícia Civil e demais órgãos públicos na causa de proteção às nossas crianças”, disse o parlamentar.

           

O delegado instaurou inquérito policial para apurar o caso. Ele já ouviu o depoimento do Conselheiro Tutelar que atendeu a ocorrência. A mãe da menor também já foi interrogada na Polícia Civil. Dini aguarda o resultado da perícia para apurar se as lesões causadas foram com ou sem intenção de matar.

O caso também está sendo investigado pela 10ª Subdivisão Policial de Londrina e pelo Núcleo de Proteção à Criança e ao Adolescente Vítimas de Crimes (Nucria) de Londrina, porque foi onde o bebê faleceu.

O CASO – A criança deu entrada no Hospital de Ibaiti com lesões sérias. A possibilidade de maus tratos foi apresentada na 37ª Delegacia Regional de Polícia de Ibaiti pelo Conselho Tutelar. Em estado grave, o bebê foi transferido para Londrina, mas não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.