Platinense assassinada tinha passagens por ameaça e lesão corporal

Vítima perdeu a vida no local em poucos minutos

Por  motivos ainda não esclarecidos, Luciane Camargo Amaro (foto), de 44 anos, foi assassinada na manhã deste domingo, dia 17, no Conjunto Habitacional Aparecidinho III, em Santo Antônio da Platina. Perdeu a vida no local.

As Polícias e Civil e o Instituto Médico Legal atenderam a ocorrência e ainda há poucas informações sobre o crime.

A vítima sofreu algumas perfurações, mas não se sabe ainda quantas e não foi apurado o calibre porque estavam alojados no corpo dela
Tinha passagem só por Termo Circunstanciado de ameaça e lesão corporal.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.