Rapaz se apresenta e dá outra versão para crime

Maicon César Ordandini Pujoni(foto), 19 anos, autor do assassinato que vitimou Leandro Henrique, 21, no último dia quatro, está preso.Ele se apresentou neste sábado, junto com o advogado.
A informação foi repassada pelo delegado Tristão Borborema de Carvalho, após interrogá-lo neste sábado, dia 6, e cumprir o mandado de prisão temporária que foi expedido pela Justiça Platinense desde a manhã desta sexta-feira, 05, dia em que a Polícia Civil já tinha solucionado o caso, reunido as provas e solicitado a ordem de prisão.
A bem-sucedida diligência de apreensão da motocicleta usada pelo assassino, pela Polícia Militar, se deu bem depois que o caso foi solucionado, tanto que os policiais civis já tinham a ordem de prisão em mãos por ocasião daquela apreensão.
Maicon confessou o crime, mas não relacionou o fato com o tráfico de drogas. Em depoimento prestado nesta tarde, disse que havia vendido uma motocicleta para Leandro Henrique há três meses, tendo a motocicleta sido apreendida por débitos fiscais. Como Leandro teria ficado devendo, Maicon foi cobrá-lo o que gerou uma série de ameaças seguidas. Segundo a versão de Maicon, Leandro disse que possuía arma de fogo e iria matá-lo. Temendo sua morte, Maicon disse ter assassinado o desafeto com três tiros que atingiram a fronte da vítima e assim evitar que fosse assassinado.

Lembre do caso quando aconteceu:

Sepultado corpo de jovem de 21 anos

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.