Prefeitura de Andirá oferece água imunda

agua 066_x000D_
_x000D_
agua 060agua 049_x000D_
_x000D_
As constantes chuvas que acarretaram no enchimento do Rio das Cinzas, na última semana, prejudicaram demais a coleta de água bruta, devido ao excesso de areia depositado na entrada de captação. Está sendo necessária uma força tarefa, com atuação diária – inclusive sábado e domingo -, entre os profissionais do Sistema de Água, que estão trabalhando para resolver o problema que contribuiu para uma pane no sistema de água, prejudicando grande parte da população. A complexidade está na necessidade de esperar o rio baixar para que haja segurança técnica para a realização dos trabalhos. O que está sendo feito._x000D_
Mas, o problema não foi só a chuva forte que inviabilizou a distribuição nesta semana, forçando a distribuidora a ter que fazer um sistema de rodízio. Na sexta-feira, dia 27, o principal Poço Artesiano da cidade, o da Major Barbosa Ferraz, apresentou problemas técnicos. Segundo Alex Jussiane dos Santos, diretor do SAMAE(Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto)._x000D_
Imediatamente foi acionada a empresa que presta serviços eletromecânicos , entretanto, sem sucesso. “Foram realizados os procedimentos e substituídos os comandos do painel de acionamento, mas, sem resultados”. As primeiras informações dão conta de que um raio pode ter queimado a bomba, sendo necessária a substituição total de moto-bomba. Mas a resposta concreta do ocorrido e a solução só será realizada a partir desta quinta-feira (03). Isso porque para a substituição é necessário que os técnicos da empresa especializada (Hidroingá poços Artesianos Ltda. – vencedora do processo licitatório) chega na cidade nesta quarta-feira e iniciam nesta quinta, no período da manhã, o que irá resolver grande parte dos problemas._x000D_
A cidade está sem água durante o dia e, quando a água volta, vem suja.Desde o último sábado, todo o município enfrenta um rodízio na distribuição de água, com suspensão no abastecimento ao longo do dia que é retomado apenas no período da noite. De acordo com o diretor presidente do Samae, Luiz Carlos Demarqui, a medida é necessária pela produção deficiente para atender toda a cidade._x000D_
A pane no sistema de água ficou muito complexa neste último final de semana, quando a COPEL – Companhia Paranaense de Energia Elétrica efetuou o desligamento para reparos em sua rede, justamente onde ficam os dois outros poços, acarretando, assim, colapço no sistema de abastecimento de água potável. Segundo o diretor presidente do SAMAE, Luiz Carlos Demarchi, foi uma conjuntura de situações, ao mesmo tempo, que prejudicou o fluxo de produção, mas, destacou que toda equipe do Serviço de Água está mobilizada para a solução urgente._x000D_
O Samae priorizou distribuição, com caminhão pipa, o hospital, escolas, creches, asilo, projetos sociais. O Poço artesiano, próximo ao SAMAE, também está atendendo a população que tem ido buscar água no local – nos horários fora dos horários do rodízio -. A Imprensa, Prefeitura, Câmara Municipal e a Promotoria Pública foram comunicados dos acontecimentos e ações de força tarefa para solução. A instituição também colocou som volante, explicando a população. Mas, ainda assim, muita gente não está tendo consciência da situação complexa da semana com relação a água e têm desperdiçado, lavando calçadas, principalmente. Em vários pontos estão acontecendo isso, o que tem gerado revolta.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.