Pandemia: Próximos meses serão decisivos, diz Romanelli

Para volta da normalidade, segundo prevê Romanelli

A velocidade da vacinação e a cautela que toda a população deve manter nos próximos meses são fatores decisivos para frear a pandemia e fazer com que a normalidade volte, disse nesta segunda-feira, 12, o deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB), que considera possível conter os impactos mais graves da covid até o final do ano.

“Só nos sentiremos seguros quando 70% da população adulta tomar a vacina. Isso deve acontecer até agosto”, pondera. “Os próximos meses serão decisivos e ainda é preciso muita cautela. A expectativa é de que a vida volte ao normal em 2022”, destacou.

A determinação das pessoas, segundo o Primeiro secretário da Alep, é fundamental para reduzir o número de contaminações. O deputado reforça que, mesmo com a vacina, é necessário manter o uso da máscara, do álcool em gel e o distanciamento social. “Ainda não é hora de promover encontros”.

DEMORA
 O deputado lamenta que o Brasil tenha demorado a adotar um esquema de vacinação. “Outros países já estão retomando a normalidade, porque fizeram o que tinha que fazer. Não ficaram fazendo negociata para comprar vacina”, disse. “Muitos países já estão com o povo vacinado. Nós estamos batendo cabeça aqui ainda”.

Romanelli sublinhou que as vacinas da Pfizer, que poderiam ter chegado em grandes quantidades no início do ano, só entre julho e agosto terão volume maior de entrega. “Nós poderíamos ter vacinado 50 milhões de pessoas. Quantas poderiam ter sido salvas se o governo federal tivesse comprado a vacina no tempo certo…”, lamentou.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Categorias e tags

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.