Venda de imóveis será revertida em infraestrutura

O líder do governo na Assembleia Legislativa, deputado Luiz Cláudio Romanelli (foto), esclareceu nesta terça-feira (17) que o projeto de lei que autoriza o Governo do Paraná a vender 61 imóveis no estado visa arrecadar recursos para investimentos na área de infraestrutura em todo o Paraná._x000D_
_x000D_
“São imóveis inservíveis para o Estado, avaliados em cerca de R$ 100 milhões que não cumprem mais um objetivo. A receita oriunda da venda desses imóveis está prevista no orçamento de 2016 e será utilizada para obras, principalmente de infraestrutura, que melhorem a vida da população”, explicou._x000D_
_x000D_
O projeto chegou à Assembleia na última segunda-feira e deve seguir normalmente os trâmites da Casa, sendo analisado primeiramente pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) e seguir plenário, onde será debatido o mérito. Cada um dos imóveis está sendo analisado pela possibilidade de venda que, caso houver, será realizada por meio de leilão e a preço de mercado._x000D_
_x000D_
Segundo Romanelli, a venda desses imóveis se dá principalmente pelo fato de serem inservíveis ao Estado ou que sua manutenção demanda uma grande quantidade de recursos financeiros._x000D_
_x000D_
“Temos que aplicar com eficiência o dinheiro público, respeitar o contribuinte na medida em que ele paga muito imposto e ao mesmo tempo temos que proporcionar um serviço público de qualidade. A venda de bens imóveis inservíveis é justamente para poder adequar a necessidade de investimentos em áreas prioritárias”, conclui o deputado.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Categorias e tags

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.