Tecnologia permite avanços nos trabalhos da Assembleia

Inovações fortaleceram muito a Alep, avalia Romanelli

 

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) participou da II Semana Acadêmica da Escola do Legislativo e destacou os avanços tecnológicos que permitiram o pleno funcionamento dos trabalhos da Assembleia Legislativa ao longo da pandemia.

“Acredito que as inovações no processo legislativo fortaleceram o parlamento do Paraná, que se tornou uma instituição ainda mais democrática. Os novos sistemas ampliaram a produtividade e a transparência, e todos ganham com isso”, explicou o deputado, primeiro-secretário da Assembleia. “A pandemia trouxe mudanças de paradigmas e inovações que vieram para ficar. Nada será como antes”.

Romanelli destacou o empenho do legislativo e dos servidores para resolver os entraves técnicos e jurídicos para estabelecer um novo formato de trabalho para os deputados através do meio virtual. “Fizemos as adaptações, respeitando o regimento interno e todas as questões legais”, pontuou. “Mantivemos o ritmo dos trabalhos e aprovamos leis fundamentais para o enfrentamento da Covid-19 logo após a detecção dos primeiros casos no Paraná”, relatou Romanelli.

Atividades – O deputado rememorou que a última sessão totalmente presencial, com a participação dos deputados em plenário, ocorreu em 18 de março de 2020 e no dia 23 daquele mesmo mês já foram iniciadas as sessões remotas e em formato híbrido. “Saímos rapidamente da dificuldade inicial”, salientou o deputado na videoconferência promovida pela Escola do Legislativo.

O primeiro secretário enumerou ainda uma série de ações durante o período de pandemia e destacou que, somente em 2021, os deputados produziram 5.427 proposições legislativas, realizaram 108 sessões plenárias, 76 audiências públicas e 178 reuniões de comissões. Os dados e todas as ações podem ser conferidas no link www.assembleia.pr.leg.br/comunicacao/covid-19.

Digitalização Romanelli destacou ainda que hoje a Assembleia Legislativa funciona em um sistema misto, onde os parlamentares podem votar presencialmente ou de forma remota. Essa necessidade de inovação e modernização, segundo o deputado, acelerou o processo de digitalização do sistema legislativo e a Assembleia, tanto no setor administrativo (desde 2019), como no legislativo, atua de forma 100% digital.

Escola do Legislativo A semana de estudos tem como tema “O desempenho das Casas Legislativas na pandemia de Covid-19” e a abertura dos trabalhos teve a participação dos professores Isabele Mitozo, da Universidade Federal do Maranhão (UFMA), e Leonardo Barbosa, doutor em Ciência Política pelo Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (IESP-UERJ). As atividades podem ser acompanhadas pelas redes sociais e pela TV Assembleia.

A Escola do Legislativo da Assembleia do Estado do Paraná é uma iniciativa da atual Mesa Diretora, presidida pelo deputado Ademar Traiano, que integra a política de modernização da Casa, valorização do corpo funcional e a busca por maior eficiência no serviço público.

Aberta no dia 14 de setembro de 2015, a Escola tem ações voltadas para deputados, vereadores, servidores do legislativo, funcionários de câmaras municipais, lideranças comunitárias, entidades e cidadãos interessados em aprofundar conhecimentos sobre o setor público.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.