Roma reforça pedido de ajuda humanitária para os ucranianos

Cerca de 16 milhões de pessoas precisam de ajuda

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSD) reforçou o pedido de ajuda humanitária que representantes da Ucrânia fizeram nesta quarta-feira, 11, na Assembleia Legislativa do Paraná. Segundo Anatoliy Tkach, encarregado de negócios do Governo da Ucrânia no Brasil, 16 milhões de ucranianos precisam de algum tipo de assistência em razão dos efeitos da guerra.

“Os deputados fizeram reiteradas manifestações de solidariedade aos ucranianos e agora pedimos a colaboração dos paranaenses para ajudar a população que sofre injusta agressão. A Ucrânia é um país soberano e jamais poderia ter sido invadido e ter o seu povo atacado, que agora precisa de mantimentos e remédios”, afirmou Romanelli que, em conjunto com o presidente da Assembleia, Ademar Traiano, recepcionou os representantes do povo ucraniano.

O deputado ressalta que o envio de doações será organizado pelo Governo do Estado e que o legislativo dará apoio integral a este movimento. “É absolutamente fundamental que as contribuições cheguem à população ucraniana”, acrescentou. “Temos que agradecer a solidariedade e o apoio da Assembleia Legislativa em relação à situação que o País está passando”, completou Tkach.

Marta Olkowska, cônsul-geral da Polônia em Curitiba, que acompanhou o diplomata da Ucrânia na agenda na capital do Estado, citou que mais de três milhões de pessoas já passaram pela fronteira entre os dois países e que 2 milhões de ucranianos vivem hoje em território polonês. “Não foram criados campos de refugiados. Nós tratamos as pessoas que fogem do terror da guerra como amigos e hóspedes”, relatou ela.

Você terminou a leitura
Compartilhar essa notícia
Escrever um comentário

Últimas notícias

Zezão recebe o prêmio Prefeito Empreendedor
12 de agosto de 2022

Premiação ocorreu no 1° Encontro de Lideranças e Inovação do Norte Pioneiro O prefeito de

Morte de professores: velório será conjunto em quadra de Igreja
12 de agosto de 2022

Casal falecido deixou uma filha única de 14 anos https://youtu.be/25FL1DmxvnY Sete pessoas morreram e outras

PM prende bêbado dirigindo em Jacaré
12 de agosto de 2022

Não possuía habilitação para dirigir Nesta terça-feira (09), por volta das 23 horas, a Polícia

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.