Romanelli participa de Encontro de Mulheres do PSB

Encontro discutiu a autorreforma na perspectiva do gênero feminino, a conjuntura política estadual e nacional, a criação das secretarias municipais das mulheres, a filiação de lideranças do Estado e a formação de chapas femininas

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) participa nesta sexta-feira, 22, e sábado, do Encontro Estadual de Mulheres do PSB, que acontece em Foz do Iguaçu. Na abertura do evento, o parlamentar afirmou que o partido defende causas voltadas ao bem comum e por isso tem uma forte identificação com o universo feminino. “O PSB tem alma feminina”, ressaltou Romanelli.

Para ele, o PSB construiu um programa de políticas públicas para promover a inclusão social, e tem uma visão do mundo sustentada na solidariedade e na oferta de oportunidades para todos. “Não é cada um por si. Nosso propósito é não deixar ninguém para trás”, afirmou o deputado no encontro que reúne lideranças femininas, prefeitas e vereadoras que integram a legenda.

O deputado Romanelli também destacou que a missão do PSB, a partir de suas proposições e política, é ajudar a “construir um país com características brasileiras”. “Não precisamos copiar o modelo de ninguém”, afirmou Romanelli, que reafirmou a necessidade da defesa da democracia e das liberdades conquistadas pelo esforço dos brasileiros.

Segundo o parlamentar, a representatividade do PSB segue constante evolução e consolida ideais defendidos por socialistas históricos como João Mangabeira, Miguel Arraes e Eduardo Campos. Romanelli fez questão de elogiar a condução da legenda pelo atual presidente, Carlos Siqueira. “O PSB atua em todo o País de forma estruturada”, considera o deputado.

Ócio destrutivo – Ele também fez críticas ao governo Jair Bolsonaro. Para ele, o presidente pratica o que pode ser classificado como ócio destrutivo. Para Romanelli, o enfrentamento à pandemia demonstra a incapacidade da gestão federal.

“É um governo de apelo à mentira. Ficaram meses defendendo remédios sem eficácia, brigando contra o voto eletrônico. Enquanto isso contamos 600 mil mortes e milhões de pessoas passando fome”, pontuou o deputado.

Temas – O evento do PSB tem como objetivo discutir a Autorreforma na perspectiva do gênero feminino, a conjuntura política estadual e nacional, a criação das secretarias municipais das mulheres, a filiação de lideranças do Estado, a formação de chapas femininas e as novas regras para as Eleições 2022.

O encontro teve a participação dos deputados federais Aliel Machado e Luciano Ducci, do presidente nacional do partido, Carlos Siqueira; da secretária nacional do PSB Mulher, Dora Pires; da vice-governadora do Espírito Santo, Jaqueline Moraes; da secretária estadual de Mulheres do Rio Grande do Sul, Maria Luíza Loose; prefeitos, vice-prefeitos, vereadores, presidentes municipais e secretárias de mulheres.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.