Richa dá posse aos novos secretários

O governador Beto Richa deu posse nesta segunda-feira, dia 21, aos novos secretários de Estado da Casa Civil, deputado federal Valdir Rossoni; da Justiça, Cidadania e Direitos Humanos, deputado estadual Artagão de Mattos Leão Junior; e da Administração e da Previdência, Reinhold Stephanes. A solenidade lotou o Salão de Atos do Palácio Iguaçu, em Curitiba. Participaram a vice-governador Cida Borghetti, o presidente do Tribunal de Justiça do Paraná, desembargador Paulo Vasconcelos; o presidente da Assembleia Legislativa, Ademar Traiano; a secretária do Trabalho e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, presidentes e lideranças de diversos setores da economia, além de deputados estaduais.

Richa pediu aos novos secretários agilidade na execução das políticas públicas, aproximação com os demais poderes e transparência nos atos do governo. “O sucesso da nossa administração passa obrigatoriamente pelo bom desempenho de cada um dos secretários”, disse o governador. Richa afirmou que mudanças no governo são normais e fez um reconhecimento aos secretários que deixaram as pastas – Eduardo Sciarra (Casa Civil), Dinorah Nogara (Administração e Previdência) e Leonildo de Souza Grota (Justiça). “Cumpriram um bom papel, tiveram um extraordinário desempenho.”
O governador destacou a experiência dos novos secretários. No caso de Valdir Rossoni, ressaltou a atuação como presidente da Assembleia Legislativa do Paraná. “É uma pessoa qualificada e preparada para elevar a boa relação da nossa gestão com os outros poderes. Queremos uma atuação sempre transparente e de austeridade dando, encaminhamento nas ações de interesse do povo do Paraná”, afirmou.
Reinhold Stephanes, disse o governador, foi diversas vezes secretário de Estado e também ministro. “Sempre atuando em favor do Paraná. Tem todas as qualificações e vem mais uma vez dar sua contribuição.”
O governador lembrou que Artagão Junior está no quarto mandato como deputado estadual e tem como marca o forte comprometimento com o desenvolvimento dos municípios paranaenses. “São pessoas experientes, qualificadas e preparadas para o exercício das suas funções”, afirmou.
Richa também falou do momento econômico nacional e disse que os efeitos da crise no Paraná foram reduzidos com o ajuste fiscal implantado pelo governo estadual. “Fizemos o dever de casa e hoje temos a melhor situação econômica e financeira do Brasil”, afirmou.
Valdir Rossoni é empresário. Iniciou sua carreira política no município de Bituruna, no Sul do Estado, onde foi prefeito. Eleito seis vezes deputado estadual, presidiu a Assembleia Legislativa do Paraná entre 2011 e 2014, quando foi eleito deputado federal.
Entre as prioridades dele na pasta será a maior aproximação com o Poder Legislativo. “Fui deputado e sei das necessidades de trabalho dos deputados estaduais. Vamos atuar juntos para ajudar o estado do Paraná”, afirmou.
Rossoni destacou a situação financeira do Paraná na comparação com outros estados. “Posso dizer, com certeza, que a situação aqui no Paraná é confortável. Os outros estados estão com sérias dívidas e com dificuldades para honrar compromissos”, disse ele.
O novo chefe da Casa Civil também ressaltou os compromissos do governador Beto Richa de fazer uma gestão transparente e austera. “Sou muito determinado e vamos buscar as melhores soluções para a economia do nosso Estado”, disse.
Formado em Direito pela Faculdade Curitiba, Artagão de Mattos Leão Júnior se elegeu deputado estadual em 2002 e está em seu quarto mandato consecutivo. Foi presidente da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale) e primeiro secretário da União de Parlamentares Sul-Americanos e do Mercosul (UPM).
A prioridade, de acordo com Artagão Júnior, é ampliar as ações de ressocialização de menores infratores e estruturar as unidades do Procon. “O desafio é grande. Vamos dar continuidade ao belo trabalho que vem sendo realizado na Justiça. Assumo essa missão com muita responsabilidade”, disse.
Economista formado pela Universidade Federal do Paraná, Reinhold Stephanes foi deputado federal por diversas legislaturas, ministro do Trabalho e Previdência Social (1992) e da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (2007), presidente do Instituto Nacional da Previdência Social, secretário de Estado da Administração (2003-2004) e do Planejamento e Coordenação Geral (2005 a 2006). “Assumo novamente essa função com o compromisso e responsabilidade de dar andamento as boas ações do governo estadual”, disse Stephanes.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Categorias e tags

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.