Prevista divulgação de pesquisas forjadas no Norte Pioneiro

Tem quem arrisque bancar informações falsas para tentar reverter tendências

Matéria publicada no dia 6 de novembro de 2020.

O Ministério Público Eleitoral  e a Imprensa responsável estão prontos para identificar. denunciar e punir a produção e divulgação de pesquisas eleitorais fraudulentas em alguns municípios do Norte Pioneiro.

O engodo funciona assim: Hipoteticamente, uma candidatura cheia de problemas com trocas de vices e cabeças de chapa é comandada por alguma liderança em declínio. Uma pretensa sondagem indica que a candidata que surgiu na última hora já está em primeiro lugar na frente do favorito.

Depois, a poucos dias do pleito, “surge” outra pesquisa mostrando o terceiro lugar na frente do segundo que seria o mais provável vencedor. Ou seja, uma fraude.

Ingênuos podem acreditar e, como ainda há quem vote em quem acredita que vai ganhar, o quadro pode favorecer quem não se constrange em cometer crimes para tentar ganhar nas urnas.

Quaisquer tentativas nesse sentido serão tornadas públicas e penalizadas.

 

 

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Categorias e tags

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.