Prefeito de Ibaiti faz esclarecimentos sobre campanha da pandemia

Detalha principalmente logística da vacinação na cidade   

A Prefeitura de Ibaiti emitiu uma nota prestando esclarecimentos sobre a campanha de vacinação contra a Covid-19 no município. A nota é assinada pelo prefeito Dr. Antonely Carvalho e o secretário de Sáude Leandro Moreira dos Reis.

Veja abaixo na íntegra:

Amigos e amigas de Ibaiti, como o assunto da vacinação contra a Covid-19 é do interesse de todos e de grande importância para toda a população, buscamos dividir com vocês neste texto, as informações sobre o plano de vacinação contra a Covid-19 no Paraná e consequentemente, aqui em Ibaiti.

Vale, em primeiro lugar, esclarecer que as decisões sobre aquisição e distribuição das vacinas são tomadas pelo Governo Federal e não pelos Municipios. Ou seja, Ibaiti não tem a autonomia para conseguir as vacinas por conta própria. Nós respeitamos os critérios e fluxos estabelecidos pelo Governo Federal e Estadual.

Dito isso, falamos com total transparência que a velocidade e organização do Estado do Paraná está muito boa pois temos acompanhado de perto a distribuição das vacinas pela Secretaria de Estado e Saúde do Paraná (S.E.S.A.).

 

 

Seguem abaixo algumas notas técnicas emitidas pelo Governo do Paraná para conhecimento de todos sobre a ordem e distribuição das vacinas:

1. A definição de grupos prioritários para receber as doses da vacina contra a Covid-19 seguiu critérios do Ministério da Saúde, tempo de contato (ou exposição) com os pacientes Covid-19 e pessoas com maior risco de complicações pela infecção causada pelo Sars-CoV-2. O anexo II do Plano Estadual de Vacinação conceitua Trabalhadores de Saúde aquele que ?desenvolve diferentes funções em ambientes diversos, e não exclusivamente na assistência ao usuário de serviços de saúde, foram adotados critérios relacionados à atividade desenvolvida e ao ambiente de trabalho. ?

2. Na primeira etapa da vacinação a população alvo a ser vacinada contra a Covid-19 é composta por:

I) Profissionais que aplicam as vacinas;

II) Pessoas com mais de 60 anos que residem em Instituições de Longa Permanência para Idosos (ILPI) e os profissionais que atuam nos locais (ex: asilos);

III) População indígena;

IV) Todos os trabalhadores que atuam em unidades de saúde que atendem pacientes com suspeita ou confirmados de infecção pelo novo coronavírus;

Na sequência o Estado planeja vacinar pessoas com 80 anos ou acima desta idade, pessoas entre 75 e 79 anos e assim sucessivamente até aqueles que tem idade variando entre 60 e 64 anos. O detalhamento, assim como a estimativa da quantidade de pessoas em cada grupo prioritário constam na página 4 do Plano Estadual de Vacinação contra Covid-19 da Secretaria de Estado e Saúde do Paraná.

3. Conforme anunciado pelo Ministério da Saúde, a quantidade de vacinas a serem destinadas ao Paraná é de 5% do total que o país tiver disponível. Com a quantidade de doses disponibilizadas, seguindo a ordenação por grupos prioritários, a previsão é vacinar o total de 4.019.115 pessoas até maio de 2021. A vacinação ocorrerá de acordo com o recebimento dos imunizantes, de forma gradual e escalonada.

Semanalmente emitiremos novas informações sobre o tema.

Fique atento aos canais da Prefeitura nas redes sociais para mais informações.

Atenciosamente.

Dr. Antonely Carvalho – Prefeito Municipal

Leandro Moreira dos Reis – Secretário Municipal de Saúde

Você terminou a leitura
Compartilhar essa notícia
Escrever um comentário

Últimas notícias

Projeto de Rubens Bueno prorroga lei Paulo Gustavo
12 de agosto de 2022

R$ 3,8 bi para a cultura nos estados e municípios O deputado federal Rubens Bueno

PM prende bêbado dirigindo em Jacaré
12 de agosto de 2022

Não possuía habilitação para dirigir Nesta terça-feira (09), por volta das 23 horas, a Polícia

Carlópolis: dupla mata mulher na zona rural
12 de agosto de 2022

Depois PMs interceptaram os dois em Santo Antônio da Platina Dois bandidos renderam e agrediram

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.