Prefeito de Guapirama vai até Cohapar

O prefeito de Guapirama, Pedro de Oliveira, foi atendido nesta quinta-feira (18) pela assessora da presidência da Cohapar, Jocely Loyola, para tratar dos projetos em desenvolvimento na cidade.
No total, são 127 moradias sendo que 30 devem ser incluídas no Fundo de Combate à Pobreza, 67 serão feitas com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) e outras 30 fazem parte de um convênio onde o Estado entra com uma contrapartida para concluir uma obra de 30 unidades para idosos.
Das 67 moradias com recursos do FGTS, 39 já estão em fase de projeto e o valor estimado de investimentos é de R$2,9 milhões. Posteriormente, será desenvolvido o projeto das outras 28 unidades.
As 30 moradias para idosos é um convênio que a prefeitura assinou com o Governo Federal, mas os recursos repassados não foram suficientes para concluir a obra. Para resolver o impasse, foi assinado um convênio com o Governo do Paraná, por meio da Cohapar, para que este repasse o restante do valor de R$126 mil.
Outro projeto é a construção de 30 moradias para famílias de baixa renda. Inicialmente, o projeto seria desenvolvido com recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR), mas com a negativa do Governo Federal, o prefeito solicitou que as moradias sejam incluídas no Fundo de Combate à Pobreza.
“Temos um número considerável de moradias em projetos, são casas que vão ajudar muito a melhorar a vida das famílias. Ficamos contentes com a receptividade que temos aqui na Cohapar e esperamos agilizar estes projetos para que se tornem casas em breve”, disse o prefeito.
O assessor do deputado estadual Luiz Claudio Romanelli, Ronald de Oliveira, também participou da reunião.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Categorias e tags

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.