Prefeito de Cornélio é referência no combate a pandemia

Saúde se reorganizou e conseguiu minimizar colapso nos atendimentos

O deputado Luiz Cláudio Romanelli (PSB) destacou nesta segunda-feira (14) a decisão do prefeito Amin Hannouche (PSD), de Cornélio Procópio, em transformar a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) em UAR (Unidade de Atendimento Respiratório), referência em todo o Paraná. Segundo o deputado, a iniciativa ousada e inteligente ajudou a frear o avanço da Covid-19 no município.

“Cornélio Procópio vinha registrando uma alta de casos da doença. Para frear o avanço da doença, a saúde municipal se reorganizou e conseguiu minimizar o colapso nos atendimentos com uma ampla reorganização de todo o sistema de saúde”, disse o deputado, primeiro secretário da Alep (Assembleia Legislativa do Paraná). Com isso, a UPA passou a ser uma central de triagem, Hospital Dia e Unidade de Atendimento Respiratório.

O prefeito Amin Hannouche explica que a ação tem um único objetivo: promover atendimento na chegada de pacientes do município com procedimentos para detecção da doença e encaminhá-los imediatamente para atendimento hospitalar. “Foi uma decisão emergencial que tivemos de tomar para conter o avanço da covid-19. Foi a única solução encontrada para frear o avanço da doença”.

UAR —
 A Unidade de Atendimento Respiratório criada pela prefeitura mantém uma equipe completa, com 32 médicos que atuam em sistema de escala, além de enfermeiros, técnicos de enfermagem, farmacêuticos e outros profissionais da área de saúde. Antes, o atendimento a pacientes com suspeita ou não da contaminação da doença era feito somente no Posto de Saúde Central.

Em média, cerca de 130 pessoas são atendidas diariamente. Depois de avaliados pela equipe médica, os pacientes recebem uma pulseira com a cor que identifica o seu estado de saúde, de acordo com os sintomas: vermelha, emergência; amarela, moderado; verde, leve e azul, levíssimo.

Os casos considerados graves ou gravíssimos são encaminhados para o hospital de referência através da equipe do Samu. Estatísticas do município apontam que entre 40% e 50% dos pacientes que procuram a unidade acabam testando positivo para a covid-19. A maioria das confirmações acontece em dias que sucedem datas comemorativas, como o Dia das Mães, por exemplo.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Categorias e tags

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.