Parecer de Luísa Canziani reconhece visão monocular como deficiência

Quem enxerga somente com um olho será considerado deficiente sensorial

A relatora do Projeto de Lei 1615/19, deputada federal Luísa Canziani (PTB-PR), apresentou nesta quarta-feira, dia 24, parecer favorável a essa proposta, assegurando, à pessoa com visão monocular, os mesmos direitos e benefícios previstos na legislação para a pessoa com deficiência.

A lei 13.146/15 tem por objetivo assegurar e promover, em condições de igualdade, o exercício dos direitos e da liberdades fundamentais a pessoa com deficiência, visando sua inclusão social e cidadania.

O monocular não tem a sensação de profundidade na visão e não possui a percepção de tridimensionalidade, além de ter a visão periférica prejudicada.

 

 

A jornalista e ativista Amália Barros relatou, em live no último domingo (21) com a deputada Luísa Canziani (as duas na foto) que, por conta da falta do olho esquerdo, o marido sempre caminha do seu lado para evitar que ela esbarre nos móveis ou em outros objetos que não enxerga.

Amália tem o apoio de diversos artistas e do presidente Jair Bolsonaro e da primeira-dama, Michele Bolsonaro. Garantia de direitos A classificação da visão monocular como deficiência já foi reconhecida por vários estados. Porém, as pessoas nessa situação ainda não usufruem dos direitos assegurados na legislação brasileira.

Elas sofrem com o preconceito e com a dificuldade de acesso ao mercado de trabalho, direitos assegurados pela legislação. “Resta ao Parlamento, diante disso, ratificar posicionamento já consolidado em nossa sociedade e reconhecer definitivamente que a pessoa com visão monocular faz jus aos direitos conferidos à pessoa com deficiência”, afirma a deputada Luísa Canziani.

A proposta foi aprovada pelo Senado em novembro de 2019 e, no mesmo mês, teve o seu regime de urgência aprovado pelo Plenário da Câmara dos Deputados. Com o parecer pronto, o projeto agora pode ser apreciado pela Câmara.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.