Covid 19: Rubens Bueno condena censura no Ministério da Saúde

Isolamento social e medidas de proteção individual são as principais ações contra o vírus 

O vice-presidente nacional do Cidadania, deputado federal Rubens Bueno (PR), condenou nesta quarta-feira a censura imposta pelo Palácio do Planalto ao twitter do Ministério da Saúde utilizado para alertar a população sobre os cuidados necessários contra a Covid 19. Na avaliação do parlamentar, mais uma vez o governo despreza a ciência e aposta na estratégia criminosa e letal do obscurantismo.

O Ministério da Saúde publicou no Twitter a seguinte mensagem:

“Olá! É importante lembrar que, até o momento, não existem vacina, alimento específico, substância ou remédio que previnam ou possam acabar com a Covid-19. A nossa maior ação contra o vírus é o isolamento social e a adesão das medidas de proteção individual.”

Momentos depois, apagou a mensagem que dizia não haver remédio específico contra a Covid-19.

“Temos um presidente que aposta no quanto pior melhor, que censura seu próprio Ministério da Saúde, que despreza a ciência e que empurra a população para uma irresponsabilidade que pode ser letal. É um governo obscuro e sem noção”, condenou o deputado.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.