Até que enfim governo federal distribuirá absorventes, diz Roma

Decisão anunciada neste Dia Internacional da Mulher

O deputado Luiz Cláudio Romanelli (PSB) afirmou nesta terça-feira, 8, que o governo federal corrige um grande erro ao editar decreto que possibilita a distribuição gratuita de absorventes higiênicos para mulheres em situação de vulnerabilidade. A medida já fazia parte da lei que instituiu o programa de Proteção e Promoção de Saúde Menstrual, aprovada no Congresso Nacional em 2021, e tinha sido vetada pelo presidente Jair Bolsonaro.

O decreto tem as mesmas diretrizes estabelecidas na lei que sofreu vetos. “Antes tarde do que nunca”, afirmou Romanelli sobre a decisão anunciada neste Dia Internacional da Mulher. “O Brasil tem milhões de meninas e mulheres sem acesso a este item básico de saúde”, pontuou o deputado. “O combate à pobreza menstrual garante dignidade às meninas e mulheres. É uma medida voltada à saúde feminina”, completou.

O parlamentar destaca que o Paraná criou uma legislação própria sobre a questão da pobreza menstrual a partir de uma iniciativa da Assembleia Legislativa. Romanelli é coautor da lei 20.717/21, já sancionada pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, e que levou as assinaturas das deputadas Cristina Silvestre (CDN), Mabel Canto (PSC), Cantora Mara Lima (PSC), Luciana Rafagnin (PT), e dos deputados Boca Aberta Jr (Pros), Michele Caputo (PSDB) e Goura (PDT).

Segundo o governo federal, 3,6 milhões de mulheres em situação de vulnerabilidade social serão atendidas com a distribuição gratuita dos itens de higiene. O investimento anunciado pelo Ministério da Saúde será de R$ 130 milhões.

Você terminou a leitura
Compartilhar essa notícia
Escrever um comentário

Últimas notícias

SAMU terá novas bases e dez novas ambulâncias no NP
2 horas atrás

Cisnorpi será o gestor a partir de fevereiro de 2023  O deputado federal Sandro Alex

No Norte Pioneiro Evento debate a expansão urbana
2 horas atrás

Será nesta sexta-feira no Legislativo de Santo Antônio da Platina Será promovida uma reunião administrativa

Preso ex-marido que fazia ameaças em Salto do Itararé
3 horas atrás

Elemento de 37 anos disse que iria matar ex-convivente Às 10h30m desta terça-feira, dia 28,

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.