Sessão da Câmara termina com Polícia

Integrantes do bairro Jardim Castro, integrantes do movimento “Todo Poder Emana do Povo”, vereadores, Rede Globo de Televisão, Polícia Militar e curiosos. Esta foi um pouco da mistura da última sessão ordinária da Câmara Municipal de Jacarezinho na noite desta segunda-feira, dia 14._x000D_
Na semana passada o Movimento “Todo Poder Emana do Povo” havia protocolado um pedido para utilizar a Tribuna Popular para explicar sobre os trabalhos desenvolvidos nos últimos seis meses. O Presidente da Câmara Valdir Pereira Maldonado havia indeferido o pedido._x000D_
“Tivemos que entrar com um mandado de segurança através do Poder Judiciário para podermos utilizar este espaço”, argumenta Alberto Bonardi, representante do movimento. Durante sua fala, quinze representantes do bairro Jardim Castro que estavam presente começaram a vaiar e manifestar contrário._x000D_
“Eles estão a mando do vereador Chico Serraia”, acusava representantes do Todo Poder Emana do Povo. “Eu sou humilde. Não estou a mando de ninguém não. Viemos aqui apoiar e saber sobre nossa cidade”, rebatia um representante do bairro Jardim Castro._x000D_
Os climas esquentaram e a Polícia Militar foi acionada para entrar nas dependências da Câmara Municipal. “A situação está incontrolável. É perigoso acontecer uma briga aqui dentro”, desabafou um vereador durante os debates acalorados._x000D_
Ainda com o clima quente, os vereadores não utilizaram o direito à palavra livre. A reportagem questionou o vereador Francisco Carlos Moraes, Chico Serraia, sobre a acusação das pessoas estarem a mando dele. “Eles tem o direito de vir assistir a sessão e se manifestarem em apoio ao vereador”, finalizou brevemente Chico Serraia.03

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Categorias e tags

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.