Polícia procura marginal no Norte Pioneiro

A Polícia Civil de Ribeirão do Pinhal continua está à procura de Claudinei Pereira da Silva(foto).Ele é da vizinha Jundiaí do Sul.

O rapaz é acusado, junto com um comparsa ainda não identificado, de furtar várias propriedades rurais da região. Um inquérito foi aberto para apurar o caso.

Um vacilo dos marginais pode ter ajudado, mesmo que involuntariamente, a polícia nas investigações. No dia 4 de março, a dupla foi até um sítio de Jundiaí do Sul. O dono não estava. Claudinei e o colega aproveitaram para furtar uma TV, uma pistola 380 – arma devidamente registrada – e um celular. Eles fugiram no próprio veículo da vítima, um Palio, sem deixar pistas do furto.Ao chegar em casa, o proprietário percebeu a ação dos bandidos e procurou a Polícia Civil para registrar um boletim de ocorrência.

Depois de várias diligências, o carro acabou sendo encontrado no perímetro urbano de Ribeirão do Pinhal. Os investigadores fizeram uma revista minuciosa e encontraram o celular do agricultor. “Quando desbloqueamos o aparelho, veio a surpresa. O comparsa de Claudinei tirou uma foto dele com a pistola, ou seja, ostentando o furto que tinha sido praticado”, disse o delegado Isaías Fernandes, responsável pelo caso.De acordo com as investigações, Claudinei tirou o chip do próprio celular, colocando-o no aparelho da vítima. Até o momento, ele e o companheiro seguem foragidos. “Esse elemento é muito conhecido no meio policial. Acreditamos que os furtos estão sendo praticados em alvos específicos, ou seja, moradores que guardam armas em suas propriedades rurais”, comentou o delegado.

A linha de investigação é reforçada com outras ocorrências que têm sido registradas pela polícia na região. “Essas armas furtadas estão sendo utilizadas em roubos praticados em Ribeirão do Pinhal e Jundiaí do Sul. A população tem reclamado muito. As vítimas são escolhidas a dedo por estes bandidos”, salientou Fernandes.

Com 24 anos, Claudinei Pereira da Silva é conhecido da polícia desde 2008. Ele estava preso na Cadeia Pública de Cornélio Procópio, também no Norte Pioneiro, mas acabou fugindo do local junto com outros 15 presos no dia 8 de janeiro deste ano. Na ocasião, os internos escalaram um muro e escaparam pelo solário da cadeia. A maioria foi recapturada pela polícia alguns dias depois da fuga.

Não é a primeira vez que ele escapa da cadeia. De acordo com o delegado Isaías Fernandes, o jovem fugiu outras três vezes da carceragem de Jundiaí do Sul. Depois, foi transferido para Ribeirão do Pinhal. Silva também é considerado foragido da delegacia de São Pedro do Turvo, cidade localizada no interior de São Paulo. Ele está em Jundiaí do Sul. SE VC A VER DENÚNCIA.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Categorias e tags

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.