Civil conclui mais de 150 investigações

Durante os dois primeiros meses de 2016 a Polícia Civil de Santo Antônio da Platina concluiu mais de cem inquéritos policiais e dezenas de outros procedimentos, todos remetidos para o Poder Judiciário para julgamento.
Além dos inquéritos policiais, que é a formalização de investigação de crimes mais graves, como homicídio, furtos, roubos, tráfico de drogas, estelionato, agressões domésticas e porte de arma de fogo, por exemplo, foram encaminhados também para julgamento 55 Termos Circunstanciados, destinados a investigar crimes menos graves como calúnia, ameaça e injúria e 37 procedimentos de investigação de ato infracional (destinado apurar delitos de menores de 18 anos).
Todo boletim de ocorrência, seja elaborado pela Polícia Militar, seja quando o cidadão comparece espontaneamente na delegacia percorre um longo caminho até sua conclusão, sendo necessárias intimações, depoimentos, perícias, exames de local de crime, acareações até a conclusão do delegado e remessa ao Poder Judiciário. A Delegacia de Santo Antônio da Platina conta com apenas dois escrivães de polícia, responsáveis pela movimentação cartorária e um deles esteve em férias no mês de fevereiro.
O delegado chefe da 38ª Delegacia Regional de Polícia, Tristão Antônio Borborema de Carvalho esclarece que “somente com esse trabalho, que é invisível para a sociedade, pois na maior parte desenvolve em cartórios das delegacias, é que é possível que criminosos sejam punidos, pois com a conclusão dos inquéritos será possível a acusação formal no processo criminal, com julgamento e pena”.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.