Operação prende quadrilha de traficantes

Foi realizada na manhã desta quarta-feira (7) uma operação conjunta entre as polícias militar e civil de Santo Antônio da Platina, resultando na prisão de três traficantes de drogas e expressiva apreensão de entorpecentes, dinheiro, eletrodomésticos sem comprovação de procedência e munição.
A operação concentrou-se no bairro Jardim Bela Manhã, onde cinco residências e um comércio foram vistoriados.
A Justiça expediu seis mandados de busca e apreensão, por representação da Autoridade Policial, após levantamento de informações de que nos endereços, alvos das diligências policiais, havia realização de comércio de drogas.
Foram presos: o pedreiro Diego da Silva Santos, 26, a cabeleireira Simoni Natanieli Pires Firmino, 21 e o vendedor Murilo da Silva Castro, 23. O marido de Simoni cumpre pena por tráfico de drogas na Cadeia Pública de Santo Antônio da Platina, enquanto Murilo já tem passagens por tráfico de drogas, receptação e roubo. Diego não registrava passagens criminais.
O trio segue preso na Cadeia Pública de Santo Antônio da Platina e aguarda apresentação em Audiência de Custódia.
Ao todo foram apreendidos três invólucros grandes de maconha, várias porções menores, totalizando 739 gramas, oito pedras de crack, R$ 609,90 distribuídos em várias cédulas de moeda nacional em valores diversos, além de uma munição de calibre restrito (.762).
Participaram da operação efetivos da ROCAN, Canil, RPA, Serviço Reservado (P2) e policiais civis da 38ª Delegacia Regional de Polícia.
Também foram apreendidos eletrodomésticos e aparelhos sem procedência e serão checados com vítimas de furtos e roubos. São eles: um televisor marca Buster, 32 polegadas, de cor preta, um televisor da marca Philco, 30 polegadas, de cor preta, um televisor 40 polegadas, da marca Sem Toshiba, um aparelho de som automotor da marca Nápoli, uma furadeira Black 8 Decker 3/8 380W, uma furadeira, marca Bosch 908, profissional, três aparelhos celulares.

Todos os objetos estão apreendidos na 38ª Delegacia Regional de Polícia. A Polícia Civil aguarda comparecimento das vítimas, munidas do boletim de ocorrência para reconhecimento e devolução dos objetos.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.