Ex-assessor jurídico de Carlópolis é condenado por corrupção

Denunciado pelo MP por cobrar propina pegou dois anos e quatro meses de reclusão

Um ex-assessor jurídico comissionado do Município de Carlópolis,  foi condenado por corrupção passiva à pena de dois anos e quatro meses de reclusão e ao pagamento de 11 dias-multa.

O réu havia sido denunciado pelo Ministério Público do Paraná, por meio da Promotoria de Justiça da comarca, por haver cobrado R$ 50 mil de propina dos proprietários de um loteamento, em 2015, para supostamente agilizar os trâmites burocráticos de autorização do empreendimento na prefeitura.

Após estabelecer a pena, o Juízo da Vara Criminal de Carlópolis determinou a substituição da pena privativa de liberdade por duas penas alternativas: pagamento de um salário mínimo para entidade com destinação social e prestação de serviços à comunidade (uma hora de trabalho por dia de condenação).

A Promotoria de Justiça deverá apresentar recurso da decisão.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.