Reunião com Guto Silva e Sociedade Rural

Lideranças discutem projetos estruturantes para desenvolvimento de Londrina e região

O Chefe da Casa Civil do Paraná, Guto Silva, foi recepcionado na sede administrativa da Sociedade Rural do Paraná (SRP), no Parque de Exposições Ney Braga, por lideranças do setor produtivo da cidade. O encontro aconteceu no fim de semana.

As lideranças presentes, representantes da sociedade civil e autoridades políticas, conversaram com o secretário sobre projetos estruturantes em prol do desenvolvimento de Londrina e região. Todos questionaram a retirada de pauta da Assembleia Legislativa do Estado do Paraná (ALEP) do projeto de lei (PL) nº 289/2021, que amplia a isenção de ICMS para empresas de tecnologia instaladas em Londrina, Cornélio Procópio, Campo Mourão e Guarapuava. O chefe de gabinete contrapôs que o projeto foi retirado para um melhor estudo orçamentário, além de ter sido alvo do questionamento de lideranças de várias cidades não contempladas.

Os presentes argumentaram que Londrina cumpre os requisitos elencados no PL, como a presença de uma unidade da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), além de estar no DNA da cidade, desde sua criação, uma veia inovadora. A cidade ainda possui um APL de TIC (Arranjo Produtivo Local de Tecnologia da Informação e Comunicação), diversas governanças com projetos de startups, estrutura para Parque Tecnológico, entre outros.

Outra solicitação das lideranças ao secretário foi sobre a concessão do aeroporto de Londrina Governador José Richa (leilão promovido em abril pela ANAC, cuja administração está a cargo do Grupo CCR). Segundo os presentes, a concessão surpreendeu a todos e há uma preocupação geral, já que as melhorias de infraestrutura do aeroporto faziam parte de um projeto claro de desenvolvimento regional. As lideranças gostariam que o Governo intercedesse para que as propostas e projetos fossem formalizados em documento pela concessionária, já que houve um grande esforço da sociedade civil londrinense e do próprio Estado para cumprir determinações da ANAC e Infraero.

As lideranças também cobraram do Secretário da Casa Civil a falta de representatividade política de Londrina no governo. O presidente da SRP, Antonio Sampaio, fez o convite ao Chefe da Casa Cilvil para que, em abril de 2022, durante a 60ª Exposição Agropecuária e Industrial de Londrina, o governador Ratinho Junior transfira o gabinete do Governo Estadual por um ou dois dias para Londrina, despachando do Parque Ney Braga. Sampaio comentou que o mesmo convite foi feito ao Prefeito de Londrina, Marcelo Belinati, que aceitou. Guto Silva disse que levará o convite ao Governador.

Estavam presentes representantes da Sociedade Rural do Paraná (SRP), Associação Comercial e Industrial de Londrina (ACIL), Federação das Associações Comerciais e Empresariais do Estado do Paraná (Faciap); Sindicato da Indústria da Construção Civil do Norte do Paraná (SindusCon – PR/Norte), Sindicato das Indústrias, Metalúrgicas, Mecânicas e de Materiais Elétricos do Norte do Paraná (Sindimetal Norte-PR), Sindicato do Comercio Varejista de Londrina (Sincoval), Clube de Engenharia e Arquitetura de Londrina (Ceal), Sindicato da Indústria de Tecnologia da Informação do Paraná  (TI Paraná), além de representantes do Grupo Marajó, Hospital do Câncer de Londrina, o prefeito de Londrina,  Marcelo Belinati, secretários municipais e os deputados estaduais Thiago Amaral (PSB) e Cobra Repórter (PSD).

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.