Platinense morre de Covid; tensão aumenta

Grupo técnico se reúne com Ministério Público e bandeira pode ser trocada

Um homem de 63 anos morreu na madrugada desta quarta-feira, dia 18, em Santo Antônio da Platina. A causa foi a Covid-19, mas tinha comorbidades: obeso, diabético e hipertenso.
Era um caminhoneiro platinense. Foi o décimo primeiro óbito no município.

Estava internado na Unidade de Tratamento Intensivo do Hospital Regional do Norte Pioneiro. Agora, está sendo aguardada a presença do filho da vítima para o reconhecimento.

Não foi realizado velório e o enterro será hoje à tarde.

Hoje, o Ministério Público e corpo técnico da saúde fizeram reunião online para estudar e avaliar a curva ascendente da doença nos últimos dias. Há possibilidade da bandeira amarela ser substituída pela laranja ou vermelha, entretanto,  está descartado o fechamento do comércio, ” o grande problema é festa com aglomeração”, afirmou a secretária municipal de Saúde, Gislaine Galvão (foto).

Ontem, o município registrou mais nove casos da doença: https://npdiario.com/capa/santo-antonio-da-platina-tem-nove-e-jacarezinho-mais-16-positivados/

 

 

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.