Prefeito decretará estado de calamidade

A prefeitura de Jacarezinho já está organizando toda a documentação e imagens para poder decretar estado de “Calamidade Pública” após a forte chuva que caiu na cidade no início da noite desta quinta-feira, dia dez. Vários bairros da cidade foram afetados e moradores tiveram que sair de suas casas.

“Desde ontem à noite convocamos os Secretários para auxiliarem nesta situação que foi catastrófica em nossa cidade”, comenta o prefeito Sérgio Eduardo de Faria. Em contato com o Secretário de Indústria e Comércio Homero Pavan Filho no meio da noite, ele explicou que o principal problema aconteceu próximo as 17h30m quando uma enchente se formou na BR-153 próximo ao “trevo de São Sebastião”. Com isto, a água entrou sentido bairro dos Papagaios e estourou uma represa próxima ao Centro de Eventos. Com isto, chegou ao Ribeirão Ourinho afetando vários bairros e causando destruição em muitas casas próximas ao seu contorno na cidade.
Equipes da Prefeitura passaram toda a noite e madrugada realizando trabalhos paliativos para poder amenizar a situação caótica que a chuva causou. O prefeito Sérgio esteve visitando durante a madrugada os pontos e alertou que será necessário decretar estado de calamidade. “Precisamos ver a causa deste problema desta quinta-feira. Pois infelizmente sempre tivemos problemas com as chuvas fortes próximo ao Ribeirão, mas não dessa magnitude que foi ontem”, analisa o prefeito.
Na Vila São Pedro, moradores sofreram com a situação. A Prefeitura vem realizando um trabalho de investimento de infraestrutura nos bairros Vila Scyllas e Vila São Pedro de aproximadamente R$ 5 milhões. “O problema da rua Minas Gerais, uma das mais afetadas, não é de agora. Sei que os moradores estão sofrendo. Mas a nossa intenção é que com a conclusão da obra iremos resolver definitivamente este problema. Não queremos fazer projetos que fiquem até apenas a primeira chuva como foi feito muito no passado de nossa cidade”, argumenta o prefeito. A previsão com a conclusão para as obras é no mês de junho.
A Prefeitura já vem tentando amenizar a situação com a construção de um lago de contenção próximo ao Centro de Eventos. O investimento seria de aproximadamente R$ 500 mil provenientes do Instituto Ambiental do Paraná (IAP) e já foi protocolado no Instituto das Águas no dia 14 de agosto de 2014.
Outros pontos da cidade também foram fortemente afetados. A ponta que liga a área central ao Jardim Castro não agüentou e caiu. Com isto, os moradores precisam ir até o Jardim São Luiz e depois Vila Setti para ir aos outros bairros. A coordenadora da Defesa Civil no município Laís Lamin ressalta que está sendo cadastradas as famílias que ficaram em situação de risco por conta dos alagamentos. “Estávamos interditando ruas próximo as pontos para evitar mais transtornos com motoristas”, comenta.
A cidade de Jacarezinho ficou praticamente ilhada na noite desta quinta-feira pela BR-153. Tanto o trajeto para Ourinhos (SP) e Santo Antônio da Platina não tinha acesso devido às fortes chuvas. O secretário municipal de Assistência Social Sidnei Ferreira destacou que o Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) da Vila São Pedro já está realizando o levantamento social das famílias atingidas.aa aa2 aa3

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Categorias e tags

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.