Prefeito de Ibaiti vai a Curitiba tentar recursos

As chuvas que caíram nos últimos dias era o que faltava para colocar o município de Ibaiti novamente em estado de alerta máximo. Em reunião com secretários e diretores municipais, o prefeito Roberto Regazzo, Betão (PSB), ordenou que fosse feito com urgência um levantamento com fotos e localização geográfica dos problemas em todas as estradas municipais.
Foram montadas cinco equipes, para que o resultado fosse extraído em um único dia, haja vista, que Ibaiti conta com cerca de 900 quilômetros de estradas municipais.
O que essa equipe trouxe como resultado na última quarta-feira, dia 13, foi muito além do que se esperava em termos de destruição.
Secretários e prefeito novamente se reuniram e concluíram que se o governo não disponibilizar recurso para o reparo das estradas do município de Ibaiti com o recurso próprio levará muito tempo para colocar as estradas novamente transitáveis.
E para agravar o cenário, os locais mais prejudicados com as chuvas são corredores de ônibus escolar, o que aumenta a preocupação com a volta as aulas, pois em muitos locais nem carro pequeno estão passando quanto mais ônibus e caminhões que escoam produções agrícolas, principalmente de leite que é diária.
Desta forma, Betão foi para Curitiba se reunir com deputados e secretários de Estado com o objetivo angariar verbas para agilizar o quanto antes reparos emergenciais nas estradas do município.
“Temos um problema enorme, que está muito além da nossa capacidade e precisamos que o governo nos ajude. Vamos tentar todos os caminhos para que possamos ter a ajuda que precisamos e o quanto antes recuperar os estragos que a chuva nos causou”, afirma o prefeito de Ibaiti.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Categorias e tags

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.