Atropelador segue caçado pela polícia

Atropelamento ocorreu na PR-439 e deixou vítima

No domingo, dia 19, por volta das 20h00, na rodovia PR-439, próximo ao Bairro rural Boi Pontado, ocorreu o atropelamento de um indivíduo não foi identificado no momento.

A vítima foi encaminhada ao Pronto Socorro e permanece entubada na UTI(Unidade de Tratamento Intensivo) até o momento, sendo posteriormente identificada pelas papiloscopistas do Instituto de Identificação como sendo Alex Eduardo da Silva (foto), de 30 anos.

Na ocasião do acidente o SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) foi acionado, porém a polícia rodoviária estadual não tomou ciência do caso e consequentemente a Polícia Civil, que soube do fato quando a vítima já estava hospitalizada.

Assim, o condutor do veículo que causou o atropelamento não foi identificado até o momento, pois fugiu do local.

Testemunhas relataram que o condutor do carro envolvido no atropelamento era um rapaz de pele clara e de aproximadamente 27 anos. Também alegaram ser um morador de Abatiá, que estaria em um veículo da cor branca (possivelmente um Audi ou um Corolla).

As testemunhas narraram, que logo em seguida chegou em uma Saveiro branca o pai do condutor do veículo envolvido no atropelamento, um senhor de idade, e ambos deixaram o local juntos.

A Polícia Civil pede para que quem tiver informações sobre a identificação dos envolvidos no acidente para repassar as informações, mesmo que de maneira anônima.

O contato para informações pode ser feito por meio das páginas da delegacia em rede social ou mesmo pelo telefone 43 3534-8902.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.