Municípios do NP recebem recursos para coleta seletiva de lixo

Convênio assinado nesta terça-feira

Mais 233 municípios paranaenses receberam do Governo do Estado recursos e equipamentos para a coleta seletiva do lixo. A ação se dá por meio do Reciclo Paraná, programa pioneiro no Brasil, que abrange um sistema integrado de coleta seletiva do lixo, separação e venda de recicláveis para gerar renda a associações e cooperativas de recicladores. Entre os que receberam, Ribeirão do Pinhal, Siqueira Campos, Santo Antônio da Platina, Santana do Itararé, São Sebastião da Amoreira e Siqueira Campos.

O deputado estadual Luiz Cláudio Romanelli entregou para várias prefeituras, entre as quais Ribeirão do Pinhal (fotos). Foi ele quem viabilizou o benefício para a população e nas imagens aparece com o prefeito Wagner Oliveira e amigos.

Pinhal recebeu um caminhão compactador e um conjunto de materiais para melhorar os índices de coleta de materiais reciclados, “agradecemos o empenho do Romanelli”, afirmou o chefe do executivo.

A governadora Cida Borghetti assinou os convênios com os municípios nesta terça-feira (26), em Curitiba, durante o Encontro Estadual do Reciclo Paraná, que reuniu mais de 1.000 pessoas, entre prefeitos, profissionais das prefeituras, dirigentes de associações e cooperativas de recicladores para uma capacitação sobre as ações do programa.

Os convênios somam R$ 140 milhões, que serão usados para a compra de 65 novos caminhões de coleta seletiva, 95 equipamentos como compactadores e esteiras para os barracões onde são feitas a triagem do lixo, além de 189 conjuntos formados por cestos e carrinhos de coleta nas ruas.

Cida afirmou que o progresso das cidades está diretamente ligado às políticas públicas na área ambiental. “Quando preservam e cuidam do meio ambiente, dando destinação correta ao lixo, os municípios conseguem gerar mais oportunidades, renda e empregos e, consequentemente, mais qualidade de vida à população. É uma cadeia de oportunidades”, disse a governadora. O Paraná, enfatizou a governadora, é o primeiro estado do Brasil a criar um programa que alia responsabilidade social e ambiental e unifica as ações do Governo do Estado e a estrutura dos municípios para implantação da coleta seletiva de resíduos sólidos.

Quando preservam e cuidam do meio ambiente, dando destinação correta ao lixo, os municípios conseguem gerar mais oportunidades, renda e empregos e, consequentemente, mais qualidade de vida à população”

As ações em parceria com as prefeituras, disse Cida, demonstram a marca municipalista da gestão. Ela lembrou que, em 80 dias, os convênios, ordens de serviços e autorizações de licitações para investimentos nos municípios ultrapassam a R$ 3 bilhões. “Somos municipalistas e investimos nas cidades, onde as pessoas vivem e precisam do nosso apoio, não só em meio ambiente, mas também em saúde, educação, infraestrutura e todas as outras áreas.”

AMPLITUDE – O Reciclo Patraná programa é coordenado pelo Instituto Águas do Paraná e tem a parceria da Sanepar, o Programa de Voluntariado do Paraná (Provopar) e Itaipu Binacional.

Segundo Iram Rezende, presidente do Águas Paraná, é o programa com maior amplitude do país, pois busca uma solução definitiva para a coleta seletiva e trabalha a questão como política pública. “Um ciclo completo, com ganhos sociais e ambientais muito grande”, disse ele.

CONQUISTAS – Em três anos, o Estado já liberou mais de R$ 100 milhões para compra de caminhões específicos para coleta, maquinários para separação dos resíduos e conjuntos de carrinhos de coleta e cestos de lixo reciclável.Desde a sua criação, em 2015, 362 municípios já foram beneficiados com ações do programa. “A nossa meta é atingir até o final deste ano os 399 municípios do Estado, transformando esse programa, único com essa envergadura em todo o Brasil, em um modelo nacional”, afirmou Iram Rezende.

Com as autorizações de hoje, chega a 384 o número de caminhões para coleta já entregues; a 126 equipamentos para barracões (moega extensiva, esteira mecânica de separação, prensas hidráulicas, empilhadeira elétrica, paleteira hidráulica manual e balança mecânica) e a 306 conjuntos de lixeiras e carrinhos manuais urbanos.

EDUCAÇÃO AMBIENTAL – Além de estruturar os municípios, o Reciclo Paraná também envolve ações de educação ambiental e de capacitação dos catadores. Com apoio da Sanepar, Provopar e da Itaipu Binacional, eles recebem cursos e palestras sobre organização administrativa, física e comercial. Também são realizadas campanhas de conscientização junto à população para a separação diária do lixo.

“Uma equipe qualificada trabalha com os catadores e a comunidade com uma abordagem e um convencimento didático a respeito de educação ambiental e da importância de separar o lixo nas residências para que os recicladores possam realizar seu trabalho de forma mais tranquila”, disse o secretário de Estado do Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Antônio Carlos Bonetti.

Para José Teixeira Sobrinho, presidente da Apava (Associação de Agentes Ambientais Palotina Preserva), essas orientações são benéficas para a entidade, que trabalha com cerca de 70 mil quilos por mês de lixo reciclável. “É um programa 100%, que vai nos dar um ânimo a mais para fazer nosso trabalho, sempre respeitando a nossa querida mãe natureza”, disse ele.

GALERIAS PLUVIAIS – No mesmo encontro, a governadora também autorizou a entrega de 59.459 metros de tubos de concreto para as prefeituras implantarem galerias pluviais para contenção de enchentes, alagamentos e erosão urbana.

PRESENÇAS – Participaram da solenidade o chefe da Casa Civil, Dilceu Sperafico; os secretários de Estado da Fazenda, João Luiz Bovo; do Desenvolvimento Urbano, Silvio Barros; do Trabalho, Paulo Rossi, da Comunicação Social, Alexandre Teixeira, e do Esporte e Turismo, João Barbiero; o ex-governador Beto Richa; o presidente da Itaipu, Marcos Stamm; o presidente da Sanepar, Ricardo Soavinski;; os deputados estaduais Bernardo Carli, Maria Victória, Luiz Cláudio Romanelli, entre outros.

Você terminou a leitura, navegue pelas nossas notícias a seguir

Categorias e tags

Compartilhar essa notícia

Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on print
Share on email
Share on whatsapp

Siga-nos

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.