Sepultado corpo da ex-vice-prefeita de Ribeirão Claro

Celinha da Cachoeira perdeu a vida por complicações da Covid-19

Célia Ribeiro de Oliveira (foto), de 74 anos, a Celinha da Cachoeira como era conhecida, a ex-vice-prefeita de Ribeirão Claro, faleceu de madrugada num hospital de Londrina, onde estava internada por conta de complicações da Covid-19. A filha dela faleceu na semana passada com a mesma doença.
Celinha exerceu o mandato junto com ex-prefeito Kiko Molini no período de 2004/2008.
Foi a primeira mulher vice-prefeita do município de Ribeirão Claro, onde teve um trabalho importante no patrimônio e balneário da Cachoeira do Espírito Santo, que além de estruturar a associação do povoado rural, priorizou o turismo e o esporte.

Lutou pela implantação do projeto de Canoagem Navegar, e conseguiu trazer o ex-secretário de Esportes do Estado, o ex-atleta Lars Grael na abertura da iniciativa, que durante muitos anos revelou vários atletas despontando no cenário estadual, nacional e até internacional.
Ela venceu barreiras e preconceitos e conquistou seu espaço dentro da política, deixou seu maior legado, que é se dedicar àquilo que acredita que possa fazer a diferença na vida das pessoas.

O corpo foi sepultado às 14h30m desta quarta-feira, dia sete, no cemitério ribeirão-clarense,

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.