Homem arrasta cachorros mortos em rodovia

O homem que arrastou os cachorros com o carro na manhã do sábado, dia 26, procurou a rádio Cana Verde, em Siqueira Campos, para explicar.Ele disse que não teve ajuda para tirar os animais que estavam mortos e fedendo no barranco onde localiza sua residência, também em Siqueira Campos.
Luiz contou que foi até a Defesa Civil que o orientou a procurar a Vigilância Sanitária, mas que estava fechada. Ligou para Polícia Rodoviária, pois mora à margem da Rodovia, e ninguém teria atendido.
Segundo o homem, o cheiro estava insuportável, e sua mãe doente e paralítica, sofria ainda mais. Foi então que amarrou os cachorros no carro e arrastou por cerca de 500 metros de onde eles estavam. Luiz, afirmou que também teria a mesma reação de revolta, caso visse alguém cometendo esta barbaridade de arrastar animais vivos. Ele disse que está a disposição de todos, inclusive para mostrar provas de suas ligações e testemunhas das pessoas que ele procurou.
Luiz ainda disse que arrastar cães mortos de frente a sua casa, é comum porque os atropelamento de animais próximos a sua residência são frequentes. Ele disse, que já enterrou vários animais e afirma que caso alguém queria ver, basta ir até sua propriedade rua Antonio Tomaz Barbosa, Avenida Marginal, próximo a Construnorte.
“Quase todos os dias morrem cachorro atropelado e a gente não aguenta o mau cheiro”, disse ele.
O homem pede ajuda das autoridades sanitárias e defensoras de animais para que o ajude neste sentido. “Eu já estou cansado de arrastar cachorro morto e enterrá-los. A gente procura ajuda e ninguém dá bola e eu tenho que trabalhar. Trabalho o dia inteiro e ainda cuida da mãe”, desabafou ele.
Luiz ressaltou que não vai arrastar e nem enterrar os cães que forem atropelados próximo a sua residência na PR-092, perímetro urbano de Siqueira Campos. Ele afirmou que vai leva-lós para frente da casa de algumas autoridades, isso porque, segundo insiste, não recebe ajuda para se livrar destes animais que estão soltos pelas ruas da Vila Nascente do Sol.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.