Sepultado homem atacado por abelhas

Exame atacou o sitiante de 84 anos na zona rural

O corpo de  Faustino Gomes (foto) , de 84 anos, foi sepultado na tarde desta terça-feira, dia dez, no Cemitério Municipal de Guapirama. Ele, conhecido como Neno Serrano, faleceu às 23h15m de ontem na Santa Casa de Jacarezinho, onde estava internado por complicações decorrentes de picadas de Abelha Europa(foto).
A fatalidade ocorreu na última quinta-feira, dia cinco, numa pastagem na zona rural.
A vítima era sitiante, deixou a esposa, Júlia, e os filhos Juliane, Gelciomar, Joel, Leomar, Dival e Itamar, além de 11 netos.
O corpo foi velado na Funerária Proceu, na Rua Vereador Palmiro B. Camargo 755.

A abelha-europeia (Apis mellifera) é um dos insetos mais conhecidos no mundo. A importância econômica da espécie é reconhecida por produtores de mel, cera e geleia real. Na farmacologia, própolis e veneno são aproveitados. São grandes, mais escuras, têm poucas listras amarelas no corpo

Originária do norte da Europa e centro-oeste da Rússia, mede, em média, um centímetro de comprimento. O ferrão pode causar reações alérgicas e, dependendo do número de ferroadas, chega a ser fatal. O ataque do enxame pode provocar a morte de animais e seres humanos.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Categorias e tags

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.