Ex-prefeito de Ribeirão Claro desmente rumores

Ele alega desconhecer pretensos comentários sobre sua situação

O ex-prefeito de Ribeirão Claro (foto), Mário Pereira, foi alvo de rumores – na semana passada – que indicavam que teria transferido residência com sua esposa, Ana, para Curitiba e que assumiria um cargo importante no governo. Também a sua atual mulher se afastaria da chefia do Núcleo Regional de Educação de Jacarezinho.

Procurado pelo Npdiario, achou engraçado e não soube a quem atribuir o suposto boato, “estou em Curitiba, mas não vim tratar dessas questões, são intrigas”.

Em 2021, ele anunciou que não seria mais candidato a nada, mas agora diz que “o futuro a Deus pertence, tem muita água para passar por baixo da ponte”, declarou, adicionando “muita coisa pode acontecer, mas mudar de Ribeirão Claro não está nos meus planos, a questão candidatura ainda é muito cedo para dizer sim ou não”.

Também afirmou que “essa questão de cargo não está em cogitação”.

Mário é proprietário de fazendas em Ribeirão Claro e Jacarezinho, e ganha por mês 7.213,52 (R$ 5.553,98 líquidos)  por meio de uma secretaria estadual.

Desde 2012, já esteve em outros órgãos, como o Detran(Departamento de Trânsito do Paraná), por exemplo. Em maio, completará 72 anos.

Em 2020, perdeu a eleição na coligação MDB/PSC para João Carlos Bonato(PSB), o Bonatinho.

Você terminou a leitura
Compartilhar essa notícia
Categorias e tags
Escrever um comentário

Últimas notícias

Zezão recebe o prêmio Prefeito Empreendedor
12 de agosto de 2022

Premiação ocorreu no 1° Encontro de Lideranças e Inovação do Norte Pioneiro O prefeito de

Morte de professores: velório será conjunto em quadra de Igreja
12 de agosto de 2022

Casal falecido deixou uma filha única de 14 anos https://youtu.be/25FL1DmxvnY Sete pessoas morreram e outras

PM prende bêbado dirigindo em Jacaré
12 de agosto de 2022

Não possuía habilitação para dirigir Nesta terça-feira (09), por volta das 23 horas, a Polícia

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.