Abatiá: Travesti acusa eleitor de agressão e homofobia durante votação

Rapaz teria agredido e zombado de homossexual 

Rayla Dominique Albuquerque (foto) acusa um rapaz de ter-lhe agredido durante votação numa sessão eleitoral de Abatiá neste domingo, dia sete. A denúncia foi feita nesta segunda-feira, dia oito.
Segunda garante, reside em Ribeirão do Pinhal, mas o domicílio eleitoral fica na cidade vizinha. O pretenso agressor começou a filmá-la enquanto estava na fila. Quando Mateus Henrique Arthur(nome de registro) questionou e pediu para deixar de usar a câmera, sofreu socos, sendo “humilhado em público”.
Rayla, de 20 anos, disse que todos os presentes ficaram indignados com a violência.

                                    
Não existe uma lei federal para a criminalização da homofobia, embora o Supremo Tribunal Federal (STF) tenha avançado em diversos pontos para a proteção dos direitos dos LGBTs, como no âmbito dos direitos ao nome para pessoas transexuais e direito das famílias, por exemplo.
O delegado Tristão Borborema, de Ribeirão do Pinhal, afirmou para a reportagem que o acusado responderá por lesão corporal.Assinará um Termo Circunstanciado, mas não ficará preso, podendo cumprir outros tipos de sanções.

Você terminou a leitura
Compartilhar essa notícia
Escrever um comentário

Últimas notícias

‘Gaudêncio Energia Solar’ está na Efapi
1 hora atrás

Especialistas em energia solar fotovoltaica, fundada em 2015, empresa é  referência no Norte Pioneiro e

Frustrada tentativa de roubo em Joaquim Távora (veja o vídeo)
2 horas atrás

Platinense foi preso pela PM na sequência https://youtu.be/yllfxFdA_YM?t=4   Exclusivo: Uma frustrada tentativa de roubo

Casa do Artesão está na 50ª EFAPI (vídeo)
2 horas atrás

A Casa do Artesão Platinense é o centro de referência do artesanato municipal e um

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.