Liberdade de imprensa é Democracia, diz Roma

A Imprensa cumpre papel essencial, afirmou o deputado

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) destacou nesta segunda-feira, 3, Dia Mundial de Liberdade de Imprensa, que o trabalho jornalístico é fundamental para a sociedade e à democracia, sem amarras e sem censura, e defendeu respeito aos profissionais de comunicação.

“A imprensa é um dos pilares do Estado Democrático de Direito e um direito basilar da nossa constituição. Você pode não concordar com o noticiário, com as opiniões, mas isso não dá a ninguém o direito de atacar a liberdade de imprensa e de expressão. Esse é um ataque à própria democracia. Se houver abuso ou ofensa, há meios legais para pedir correção ou retratação”, avalia Romanelli.

O parlamentar ressalta que nos últimos anos o Brasil experimentou nítido patrulhamento sobre a atuação de comunicadores e veículos de comunicação. Romanelli cita que os ataques à liberdade de imprensa mais que dobraram no ano passado, de acordo com a Associação Brasileira de Emissoras de Rádio de Televisão. Foram 150 casos, número 67% maior que em 2019.

A imprensa cumpre papel essencial, diz o deputado, de monitoramento, e também de fiscalização, do cotidiano para dar publicidade dos acontecimentos à sociedade. “Ser crítico, nem sempre é ser contra. A boa crítica ajuda a construir, ajuda a melhorar. É saudável a existência da oposição, do contraditório. É com base nisso que vamos construir uma sociedade cada vez mais democrática”.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.