Jacarezinho esclarece paralisação de obras

Executivo prepara a realização de uma nova licitação para a conclusão

A prefeitura de Jacarezinho esclareceu alguns pontos a respeito da implantação da ciclovia na Avenida Manoel Ribas e Avenida Brasil, abandonada pela empreiteira que venceu a licitação para execução do projeto ( foto acima de arquivo mostra o início da obra e abaixo desenho de uma ciclovia).

Primeiro: o edital referente ao projeto (contrato administrativo n° 295/2001) prevê a contratação de empresa para implantação da ciclovia, sendo a responsável integral pela mão de obra e materiais empregados na execução da obra.
Portanto, todo o material que foi deixado próximo ao primeiro trecho já implantado da ciclovia pertence à empresa, e não ao município.

Segundo: o contrato com a empresa foi rescindido após várias notificações por parte da secretaria municipal de Desenvolvimento Urbano em virtude dos atrasos com relação aos prazos estabelecidos contratualmente.
A prefeitura agora abre uma comissão que avaliará, através de sindicância administrativa, a possibilidade de impor sanções à empresa que venceu a licitação, porém abandonou a obra, e acabou descumprindo o contrato firmado com o município de Jacarezinho.

Terceiro: Como apenas uma empresa (no caso a vencedora) participou da licitação, não há a possibilidade de que a obra seja repassada a uma eventual segunda colocada.
Desta forma, o executivo já prepara a realização de uma nova licitação para a conclusão da obra e garante o empenho para que o projeto seja concluído no menor tempo possível.

 

Você terminou a leitura
Compartilhar essa notícia
Categorias e tags
Escrever um comentário

Últimas notícias

JEPs: Novas etapas em Wenceslau Braz e Pinhal começam hoje
6 horas atrás

Competições reúnem 17.751 inscritos, entre alunos e professores, de 183 municípios paranaenses Começa nesta quinta-feira

PRE e SEST/SENAT fazem Bliz Educativa
7 horas atrás

Ação da PRE e do SEST/SENAT Nesta quarta-feira, dia 25, a Unidade Operacional da PRE

Liminar reaviva a polêmica sobre o presídio em Pinhal
8 horas atrás

Decisão provisória do TJ suspendeu possível obra A polêmica prossegue. Agora, o Tribunal de Justiça

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.