UTI neonatal do Hospital Regional se qualifica

Termo de Cooperação assinado e trabalho já começou

A UTI Neonatal do Hospital Regional do Norte Pioneiro está participando do programa “Qualificação da Assistência em Terapia Intensiva por Telemedicina” por meio do Programa de Apoio e Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI-SUS), sendo assessorado pela Associação Hospitalar Moinhos de Vento, do Rio Grande do Sul.

O diretor presidente da FUNEAS (Fundação Estatal de Atenção em Saúde do Estado do Paraná), Marcello Augusto  Machado (foto principal), disse que a entidade já foi beneficiada pelo programa PROADI-SUS com o acompanhamento do Moinhos da unidade de saúde de Campo Largo, entre 2019 e 2020, e que a nova experiência vai melhorar ainda mais o atendimento no Norte Pioneiro.

“Já assinamos o Termo de Cooperação com o Moinhos de Vento e o trabalho já começou. Tivemos uma ótima experiência com esta parceria em anos anteriores. Agora, na UTI Neonatal do HRNP, vamos aproveitar ao máximo esta oportunidade, agregando mais conhecimento à valorosa equipe da unidade e ao Hospital como um todo”, assinalou, adicionando que o intercâmbio dos profissionais do HRNP-FUNEAS e Moinhos de Vento representará avanço expressivo para os usuários “é trazer a excelência em saúde para perto de onde as pessoas moram, seguindo mais uma vez a determinação do Governador Carlos Massa Ratinho Junior e do Secretário Beto Preto”.

A diretora-geral, Márcia Cristina Altvater Vilas Boas, reforçou terem sido realizadas diversas reuniões com o Hospital Moinhos de Vento para a implantação do programa, e um novo equipamento (Cart de telemedicina), enviado pelo hospital parceiro, foi instalado na unidade para permitir uma comunicação efetiva entre as instituições.

“O CART de telemedicina permite realizar videoconferências diárias entre as equipes médicas e multidisciplinares dos hospitais, interagindo na rotina de cada bebê internado na UTI Neonatal. Com isso, ambos os profissionais discutem os casos e são tomadas as decisões necessárias para o tratamento destes pacientes”, detalhou

PROADI SUS – O Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde foi criado em 2009 com o propósito de apoiar e aprimorar o SUS por meio de projetos de capacitação de recursos humanos, pesquisa, avaliação e incorporação de tecnologias, gestão e assistência especializada demandados pelo Ministério da Saúde.

Os projetos levam à população a expertise dos hospitais em iniciativas que atendem necessidades do SUS. Entre os principais benefícios, destacam-se a redução de filas de espera; qualificação de profissionais; pesquisas do interesse da saúde pública para necessidades atuais da população brasileira; gestão do cuidado apoiada por inteligência artificial e melhoria da gestão de hospitais públicos e filantrópicos em todo o Brasil.

Você terminou a leitura
Compartilhar essa notícia
Escrever um comentário

Últimas notícias

Feijoada beneficente de ONG/Jacarezinho
3 horas atrás

Será feita no próximo domingo (29) Neste domingo, dia 29, a ONG Núbia Rafaela Nogueira

Quinta da carne em todos Molini’s hoje
3 horas atrás

Confira todas as imperdíveis ofertas:

Veículo furtado foi achado em Carlópolis
3 horas atrás

Pela Rádio Patrulha de Carlopolis Ocorreu em Carlópolis recuperação de veículo furtado. Os fatos são

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.