Trigêmeos fazem um ano em Santo Antônio da

Crianças e pais estão bem e seguem vidas muito diferentes das famílias “normais”

O brilho do olhar de Jhanaína Corsini dos Santos e Cristiano dos Santos Silva vem da chama do amor e da gratidão eterna de vivenciar uma emoção extraordinária. De acordo com especialistas, a chance de uma gravidez natural de trigêmeos é de duas em 1 milhão.

As crianças, João Emanuel, Emanuelle e Eliza, nasceram no dia 17 de agosto de 2020 no Hospital Regional do Norte Pioneiro e são filhos dos platinenses Cristiano e Jhanaína (foto).

A família reside no centro de Santo Antônio da Platina. Ela é cabeleireira, 35 anos, e ele, 33, soldador da Extinpel (fábrica de extintores).

Os partos foram  diferentes.

A experiência inesquecível veio na manhã  de uma segunda-feira no Hospital Regional do Norte Pioneiro (foto), em Santo Antônio da Platina, administrado pela Funeas (Fundação Estatal de Atenção em Saúde do Paraná), que registrou o nascimento dos trigêmeos em sua maternidade.

De acordo com o médico Fábio Chaves, então Responsável Técnico pela área de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital, a paciente com idade gestacional de 30 semanas e 3 dias deu entrada às 05h20 e 10h57 a primeira criança nasceu um menino pesando 1,682 kg.

Logo em seguida, às 11h10 nasceu o segundo bebê, uma menina, pesando 1,415Kg. A terceira gemelar, outra menina, nasceu às 11h14, pesando 1,190Kg. As três crianças foram encaminhadas para a UTI Neonatal do Hospital Regional, para iniciar o tratamento, devido a prematuridade e passam bem.

Chaves ressalta sobre o sucesso do parto devido o tipo de gestação de alto risco, trigemelar dicoriônica-triamniótica, ou seja, foram produzidas apenas duas placentas para três bebês.

“O parto de trigêmeos é sempre uma emoção, algo atípico, em que você só descansa quando termina”, comemora Chagas, que ainda relatou que após a conclusão do parto toda a equipe comemorou, “Teve salva de palmas e tudo”, disse o profissional.

Médicos que também trabalharam nos partos foram Alexandre Machado e Fábio Bitencourt.

“Me senti muito emocionada. Segundo caso de trigêmeos que vejo no hospital, o primeiro de parto normal, vibrei com a mãe, o dom da vida é muito gratificante, e ver a emoção da mãe é mais gratificante ainda”, comentou a técnica em enfermagem da UTI Neonatal, Rafaela Alves.

João Emanuel significa Deus conosco, agraciado por Deus;
Emanuelle significa Deus está conosco e
Eliza significar Deus é um juramento.

 

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.