Santo Antônio sedia concurso da PM

Vinte e oito municípios do Paraná sediaram aplicação de provas

Candidatos de vários estados do Brasil estiveram em Santo Antônio da Platina e outros 27 municípios do Paraná neste domingo (13) para prestar o concurso da Polícia Militar do Paraná (PMPR), o qual oferta duas mil vagas para policiais militares e 400 para bombeiros militares.

Sempre nos locais de aplicação de provas havia PMs garantindo a segurança, como no Colégio Ubaldino do Amaral (foto), na Escola Pedro Claro, entre outros.

Os testes de conhecimentos gerais foram ampliados e seguiram todos os protocolos de biossegurança. Além disso, a PM reforçou o patrulhamento nas imediações dos locais para garantir a ordem e a não aglomeração nos 379 locais de provas do Estado. Segundo o Núcleo de Concursos da Universidade Federal do Paraná (UFPR), 155.701 candidatos se inscreveram para o concurso.

De acordo com o protocolo de biossegurança, para acessar os locais de prova os candidatos tinham que estar com máscara facial. Também era necessário ter pelo menos mais uma máscara para a troca após 3 horas e na entrada todos passaram por medição de temperatura.

Para evitar aglomeração de pessoas e que poderiam oferecer risco de contágio aos que estavam participando do concurso, equipes da Polícia Militar foram designadas para os locais de prova e garantiram a segurança dos candidatos. Neste sentido, a operação contou com milhares de policiais militares e centenas de viaturas em todo o Paraná.

CONCURSO – As 2,4 mil vagas são regionalizadas no Estado. Na categoria Polícia Militar, para a Capital e Região Metropolitana são 890 vagas; para a região de Londrina são 270 vagas; para a região de Maringá são 290 vagas; para a região de Ponta Grossa são 305 vagas e, para a região de Cascavel, são 245 vagas. Na categoria Corpo de Bombeiros, são 100 vagas para a Capital e Região Metropolitana; 200 vagas para a região de Londrina e 100 vagas para a região de Cascavel.

A prova é de caráter eliminatório e classificatório, composta por questões objetivas (60) e discursiva (redação).

Os candidatos aprovados na fase deste domingo passarão para a fase de provas especificas, todas eliminatórias, que são Exame de Capacidade Física (Ecafi); Exame de Sanidade Física (Esafi); Avaliação Psicológica (AP) e Investigação Social (IS).

Após aprovação nas etapas, o candidato segue para formação e, durante este período, o soldado de 2º classe receberá bolsa-auxílio de R$ 1.933,63. Somente após a formação, que deve durar cerca de um ano, ele estará apto a ser promovido a soldado de 1ª classe e, então, depois de promovido passa a receber salário inicial de R$ 4.263,67.

 

Veja Também
Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Categorias e tags

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.