Regional zera a fila de cirurgias eletivas

Chefe da 19ª anuncia mutirão ainda neste ano visando reduzir pacientes

Ótima notícia: Com o avanço da vacinação em todo o Paraná e a diminuição do risco de internação dos pacientes-Covid,  os hospitais e unidades de saúde do Norte Pioneiro se preparam para retomar as cirurgias eletivas, suspensas por conta da pandemia. A informação é desta segunda-feira, 9, do diretor da 19ª Regional de Saúde, Marcelo Nascimento (fotos), ao deputado Luiz Cláudio Romanelli (fotos). Nascimento disse que, ainda em 2021, será realizado esforço de grupo de trabalho para reduzir ou zerar a fila de pacientes que aguardam por cirurgia eletiva.

Uma cirurgia eletiva é aquela que pode ser planejada com antecedência, em vez de realizada em situação de emergência .Pode ser marcada com calma e, portanto, os pacientes podem ser preparados para a cirurgia apropriadamente. Alguns dos tipos de cirurgia eletiva são necessários para o bem estar do paciente, mas podem ter sua realização postergada ou adiantada. A maioria das cirurgias eletivas é simples e efetivada quando um médico acredita que seja necessária, mas que pode ser adiada.

Segundo o diretor, a 19ª está levantando as demandas na área com a comissão de intergestores bipartite, Cisnorpi (Consórcio Intermunicipal de Saúde do Norte Pioneiro) e secretários municipais de saúde das 22 cidades da região. “Há um grupo de profissionais comprometidos com a retomada das atividades e a normalidade dos atendimentos. Por isso, buscamos alternativas junto com todos os municípios para garantir atendimento de qualidade, agilidade e eficiência”, disse Marcelo Nascimento, que já foi secretário municipal de Saúde de Jacarezinho.

O Primeiro secretário da Alep(Assembleia Legislativa) assinalou que ,com a liberação dos procedimentos cirúrgicos eletivos no sistema público e privado, em toda a rede hospitalar estadual, os municípios devem planejar as ações para garantir o atendimento prioritário. “Estamos vencendo a covid-19 com a vacinação, que está reduzindo o número de pacientes internados e o tempo de internação nos hospitais. Com isso, as cirurgias eletivas também foram retomadas”.

Avanços Marcelo Nascimento sublinhou que o Norte Pioneiro avança na área de saúde, com o trabalho e o compromisso dos profissionais do setor. Segundo ele, com a evolução da vacinação e a atualização dos dados no sistema, houve uma redução considerada no tempo de internação dos pacientes infectados em toda a região.

“Nosso objetivo agora é concentrar as ações na retomada do atendimento na atenção primária, uma vez que o tratamento pós-covid vai exigir cuidados especiais com o paciente. Muitos deles têm necessidade de encaminhamento para especialidades e estamos preparados para esse atendimento em todos os 22 municípios do Norte Pioneiro”, enfatizou.

Também confirmou que uma das principais ações integradas na regional será a realização de um super mutirão para diminuir ou zerar a fila de pacientes que aguardam por cirurgia eletiva. “Agora, com o avanço da vacinação e a queda no número de internações, os pacientes que estão na fila serão atendidos, para que possam ter a saúde recuperada e voltem à normalidade”.

O diretor informou que vários hospitais e unidades de saúde do NP já se dispuseram a priorizar o atendimento dos casos de urgência e emergência. “Vamos estabelecer uma agenda de atendimento, para que esses pacientes que aguardam por cirurgia sejam atendidos em breve e possam voltar às atividades com rapidez. O Norte Pioneiro avança no atendimento à saúde, com planejamento, compromisso e qualidade”.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Categorias e tags

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.