Projeto combate pobreza menstrual

Distribuição gratuita de absorventes para mulheres vulneráveis

O deputado Luiz Cláudio Romanelli (na foto com a esposa, Fabiana) afirmou nesta sexta-feira, 27, que a aprovação pela Câmara dos Deputados do projeto de lei que prevê a distribuição gratuita de absorventes higiênicos para estudantes dos ensinos fundamental e médio, mulheres em situação de vulnerabilidade e detidas é mais um reforço no combate à chamada pobreza menstrual. A matéria será enviada ao Senado.

No Paraná, proposta neste sentido será votada pela Assembleia Legislativa na próxima sessão plenária, o que deve ocorrer nesta segunda-feira, 30. O projeto paranaense foi apresentado pelas deputadas Cristina Silvestri (CDN), Luciana Rafagnin (PT), Mabel Canto (PSC) e Mara Lima (PSC) e recebeu apoio dos deputados Romanelli, Goura (PDT) e Boca Aberta Júnior (Pros).

 

Romanelli lembra que o legislativo estadual já arrecadou, em maio deste ano, 30 mil absorventes através da campanha Dignidade Feminina. “Esse movimento e o projeto de lei mostram o compromisso das deputadas e dos deputados com uma política pública que vai promover a dignidade a milhares de jovens que deixam as salas de aula todos os meses por conta da falta do uso de absorventes durante o período menstrual”, disse.

Na Câmara dos Deputados, a proposta aprovada institui a distribuição de absorventes por meio do Programa de Proteção e Promoção da Saúde Menstrual. A faixa etária varia de 12 a 51 anos. A quantidade, a forma da oferta gratuita e outros detalhes serão estabelecidos em regulamento. A implantação do programa, diz a lei, deverá ocorrer de forma integrada, em especial pelas áreas de saúde, assistência social, educação e segurança pública.

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.