Norte Pioneiro em Revista Semanal

Coluna bem informada do jornalista Valdir Amaral 

Vereador Luciano Vermelho é destaque

Luciano Vermelho, vereador de Santo Antônio da Platina, cumpre seu segundo mandato e vem se destacando.

Postura séria, comprometida, fiscaliza e critica quando necessário, é um político em ascensão.

Redução da burocracia

O plenário do Senado aprovou projeto (PLC 56/2015) do deputado federal Rubens Bueno (Cidadania-PR) que busca facilitar o cumprimento de prazos processuais na Justiça brasileira por meio de um sistema de protocolo integrado judicial válido em todo o território nacional. A matéria segue agora para sanção presidencial.

“Isso vai eliminar uma burocracia que não faz mais sentido e facilitar o cumprimento de prazos processuais pelas partes e pelos advogados. É uma contribuição que estamos dando para dar mais agilidade na Justiça, uma vez que atualmente a grande maioria dos processos são eletrônicos, mas muitos documentos ainda precisam ser entregues fisicamente”, explicou Rubens Bueno.

Incinerados entorpecentes

 

A equipe da Delegacia de Polícia Civil de Santo Antônio da Platina realizou a incineração de aproximadamente 40 quilos de drogas de diversos tipos (maconha, crack, cocaína, ecstasy, LSD e solventes inalantes).

Tudo oriundo de diversas apreensões decorrentes de ocorrências policiais, sendo avaliados no mercado de ilícitos aproximadamente em R$ 300 mil.

Invasão e  morte na Ucrânia

O deputado Luiz Cláudio Romanelli (PSB) criticou a invasão russa à Ucrânia e se solidarizou com a comunidade ucraniana no Paraná e no mundo.

“A minha imensa solidariedade ao povo ucraniano. Meu repúdio a essa agressão à Ucrânia e ao povo ucraniano. A guerra não serve para nada. Ou se negocia a paz ou teremos piores desdobramentos”, disse Romanelli.

O deputado destacou que o Paraná possui uma comunidade formada por cerca de 500 mil ucranianos e descendentes. “O Paraná possui fortes laços culturais, afetivos e econômicos. As pessoas estão sofrendo muito por tudo o que está acontecendo”.

Turismo religioso em alta

s comemorações do

O centenário da Diocese de Jacarezinho já está movimentando os fiéis dos 15 santuários que integram a Rota do Rosário, principal roteiro do turismo religioso do Norte Pioneiro. Criada junto com as Dioceses de Ponta Grossa e Foz do Iguaçu, pela bula Quum in Dies Numerus do Papa Pio XI, o primeiro centenário será comemorado em 10 de maio de 2026.

O deputado Luiz Claudio Romanelli (PSB) destacou que o centenário é um marco para o Norte Pioneiro e contribui para estimular o turismo religioso na região, que já é referência para o Brasil. Para ele, a programação fortalece o setor e movimenta a economia. “A Rota do Rosário é um dos principais roteiros do turismo religioso do Paraná e deve ser incentivada e divulgada para atrair cada vez mais turistas para a região”, reforça o deputado.

Ele lembra que vários investimentos estão previstos para fortalecer o turismo religioso no Norte Pioneiro. Um deles é a implantação de ciclovias em vários trechos das cidades por onde passa a Rota do Rosário.

Outro é construção de uma passarela coberta no acesso da BR-369 ao Santuário São Miguel Arcanjo, localizado em Bandeirantes, que já teve o edital de licitação publicado pelo DER-PR (Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná). “Uma obra de mais de R$ 6 milhões para garantir segurança e incentivar a visitação dos peregrinos”, ressalta Romanelli. A programação do centenário das dioceses de Jacarezinho e de Ponta Grossa, nos Campos Gerais, inclui uma série de atividades para incentivar a peregrinação pelos 15 santuários que integram a Rota do Rosário nos próximos cinco anos. O objetivo do programa é renovar a fé e devoção, além de oferecer às comunidades católicas um momento para dinamizar a caminhada pastoral e missionária.

Excelente notícia para Norte Pioneiro

Um grupo de dez produtores de Carlópolis obteve o selo coletivo Global G.A.P. para mais cinco frutas, além da goiaba: abacate, carambola, pitaya, figo da Índia e lichia. A certificação internacional reconhece e atesta a segurança alimentar e sustentabilidade em produtos de origem agrícola e abre as portas do mercado europeu para exportação.

Além de ser uma ferramenta para a abertura de novos mercados, a certificação aumenta a confiança do consumidor na inocuidade dos alimentos, demonstrando o compromisso do produtor com a segurança e sustentabilidade alimentar. A norma aborda, principalmente, pontos de rastreabilidade, técnicas de produção (uso controlado de defensivos químicos), preservação do meio ambiente e recursos naturais, aspectos higiênicos (não-contaminação química, física e biológica) e sociais (ambiente de trabalho adequado).

De acordo com a secretária municipal de Agricultura, Pecuária e Meio Ambiente de Carlópolis, Francislane Ribeiro da Luz Bohrz, o selo de Indicação Geográfica (IG) da goiaba trouxe muitos avanços para o município que, a partir daí, começou a atrair os olhos do mercado externo.

“É um mercado alternativo, porque quem fica apenas à mercê do comércio local e nacional sofre com os altos e baixos. Já as exportações oferecem uma estabilidade maior nos preços ao longo de todo o ano, representando uma grande vantagem para os produtores”, explica. Francislane atribui as conquistas à dedicação dos produtores e ao trabalho multidisciplinar realizado pela prefeitura, em parceria com o Sebrae Paraná, Universidade Estadual Paulista (Unesp) e IDR-Paraná (IAPAR – EMATER).

Você terminou a leitura
Compartilhar essa notícia
Categorias e tags
Escrever um comentário

Últimas notícias

Apreendido furgão de cigarros em Guapirama
7 horas atrás

Apreensão se deu após fuga por mais de dez  quilômetros por rodovias locais Agentes da

Operação Fecha Quartel III na região
8 horas atrás

Executada pelo 2º Batalhão da Polícia Militar Foi promovida a 3ª fase da Operação Fecha

Pro Tork conquista títulos antecipados
22 horas atrás

No Sportbay Brasileiro de Motocross 2022 A Pro Tork comemorou a conquista de dois títulos

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.