Minas de água estão deteriorando asfalto

Na tarde do último domingo, dia 13, um grupo formado por mais de 30 pessoas, de um total de 56, da comunidade da Capela Nossa Senhora de Guadalupe, no Jardim do Sol, realizou o penúltimo ensaio geral da encenação teatral da Paixão e Morte de Cristo, em parte da Rua Deputado José Afonso, defronte à Capela. Infelizmente o pessoal envolvido com a peça teatral religiosa teve que enfrentar até agora em todos os ensaios o desconforto de água acumulada em seis buracos oriundos de três minas que escorrem dia e noite causando aborrecimento para quem mora na localidade, como também para os motoristas que passam por aquela via e precisam de muita atenção para desviar dos buracos e, pior ainda, é o acúmulo de água em pleno combate ao mosquito da dengue.

No dia 15 de fevereiro, exatos trinta dias atrás, depois de algumas reivindicações feitas junto ao Barracão de Obras, o Secretário Municipal de Planejamento, Orlando Pimentel também foi comunicado do problema inclusive com o envio de duas fotos para o seu WhatsApp com o seguinte teor da conversa: “…ficou insustentável esta situação…” quando ele retornou informando que “estamos realizando melhoria de emergência em uma galeria da Rua Dom Pedro II, na Vila São José e precisamos terminar o serviço iniciado na Rua próximo ao Cadari (contenção de mina). Vamos fazer o possível para atender a solicitação o mais rápido…”. A rua próxima ao Cadarique o Secretário se referiu é a Rua Dário Fonseca Martins, no Jardim Bela Vista, que também passa por problema similar ao da Rua Deputado José Afonso com muita água escorrendo de minas e deteriorando o asfalto a ponto de impedir o tráfego de veículos naquele trecho.
Ainda no mesmo dia da ligação, dia 15 do mês passado, o Secretário esteve presente no local acompanhado de um funcionário da Prefeitura que, por sinal, reside nas proximidades, e com o engenheiro da Prefeitura verificando o problema e, apenas o Secretário apontou possível iniciativa para futura solução, o mesmo ocorrendo no dia 12 de fevereiro quando a Secretária de Obras e Serviços Urbanos, Marlene da Silva Barreto e um pedreiro do Barracão também constataram o problema e analisaram o que poderia ser feito.
Alguns moradores disseram à reportagem que estão tendo paciência, pois reconhecem que há um clima constante de prolongadas chuvas que impedem que a prefeitura realize serviços constantes, porém, a situação chegou a um ponto insustentável. Em recente sabatina na Câmara de Vereadores quando da nomeação para assumir a função de Secretária de Obras, Marlene confirmou que tem um grupo pequeno de servidores atuando e que a demanda de serviço é grande, mesmo assim garantiu que a equipe iria conseguir atender a todas as reivindicações, o que na prática, não se justifica até o momento, tanto é que em outros locais da cidade há muitos problemas similares e o departamento de obras não consegue resolver e, o mais curioso é que, diante de tantos serviços emergenciais, prioritários pela cidade, com escassa mão de obra, a prefeitura está com três servidores trabalhando num bosque localizado entre as Ruas 24 de Maio e Coronel Joaquim Rodrigues do Prado para colocação de Academia de Terceira Idade, que para quem mora naquela região tem sua importância, mas, devido ao contingente escasso de funcionários, estes servidorespoderiam estar solucionando outros problemas emergenciais, enquanto a prefeitura não aumenta o efetivo de mão de obra por concurso ou emergencialmente através de uma empresa terceirizada.
A Secretária de Obras, Marlene, também informou e encaminhou a este jornalista fotos, de serviços que a equipe de pedreiros e ajudantes estavam realizando no dia sete de março, no bairro rural da Pedra Branca, onde bueiro e estrada foram danificados pela chuva.
Na segunda-feira, dia 14 de março, o Secretário de Planejamento novamente foi procurado e indagado se tinha alguma novidade oficial para o serviço no Jardim do Sol quando mencionou que “chegou o material e estamos viabilizando a execução da obra, assim que possível”. A Secretária de Obras e Serviços Urbanos, também foi procurada na tarde de segunda-feira, informada do assunto, porém, não retornou.
No próximo sábado, dia 19 de março, às 19h30, haverá procissão de Ramos por ruas do Jardim do Sol e, na Sexta-feira Santa, dia 25, às 14h, a encenação da Paixão de Cristo que no ano passado reuniu mais de 600 pessoas em frente à Capela prestigiando o evento religioso que, este ano, estará em sua 17ª edição sem vivenciar em nenhum ano anterior, uma realidade tão desgastante na infraestrutura daquela rua. Enquanto o problema das Ruas Deputado José Afonso e Dário Martins continua, o Secretário de Planejamento foi visto na manhã desta terça-feira, dia 15, na esquina da Avenida Oliveira Motta com a Rua José Bonifácio, por volta das 10h20, acompanhando e ajudando um funcionário da Prefeitura na medição da faixa de pedestre, carregando trena, cones, local onde foram instalados semáforos que estarão entrando em funcionamento nos próximos dias melhorando a circulação de veículos e pedestres nas proximidades da Prefeitura.

Texto e fotos: Jornalista Fábio Galhardi
Especial para o npdiario

 

Você terminou a leitura

Compartilhar essa notícia

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on google
Share on twitter
Share on linkedin
Share on email
Share on print

Escrever um comentário

Pesquisar

Digite abaixo o que deseja encontrar e clique em pesquisar.